RESUMO DA COPA – dia 13

img_0011

Aconteceu, na quarta-feira, 2 de Outubro, no Japão, a segunda rodada da Copa do Mundo masculina de vôlei 2019. Três seleções lideram a classificação, com 6 pontos, 2 vitórias em 2 jogos. São elas: Brasil, Polônia e Egito. Também ainda estão invictos mais dois países, porém com 5 pontos: Rússia e Argentina. A ponta na tabela pertence aos brasileiros nos critérios de desempate. A terceira rodada da competição está marcada para esta sexta, 4 de Outubro, com três jogos em cada sede, nas cidades de Nagano e Fukuoka.

Rodada 2

Na abertura de jogos do dia, em Nagano, o Egito surpreendeu novamente. Dessa vez, a vítima foi o Irã. De virada, os egípcios bateram os iranianos, por 3×1, com parcais de 24/26, 25/22, 25/18, 26/24. Mesmo com a derrota, o iraniano Yali foi o maior pontuador do confronto com 22 pontos.

Seleção egípcia comemora vitória após o jogo/Divulgação FIVB

No segundo jogo do dia, na sede de Fukuoka, a Argentina conquistou a segunda vitória na Copa. Contra a Tunísia, depois de abrir 2×0 no placar com 25/19 e 25/18, os argentinos levaram um susto na terceira parcial e perderam para os tunisianos por 25/23. Na sequência retomaram o controle da partida e fecharam o duelo em 3×1, com 25/14, no 4° set.

O tunisiano Nagga, maior pontuador da partida/Divulgação FIVB

A rodada teve continuidade, em Nagano, com o confronto entre Canadá e Rússia, em mais um jogo com virada no placar. Após fazer 2×0, os canadenses permitiram a reação e o empate dos russos. No fim, a Rússia bateu o Canadá, no tie-break, por 15/10. Voronkov foi o destaque individual do confronto com 19 pontos, sendo 17 de ataque, 1 de bloqueio e 1 no serviço.

Em Fukuoka, depois da segunda vitória argentina, ocorreu o clássico do dia entre Estados Unidos e Itália. Com mais uma virada na rodada, os atuais campeões da Copa do Mundo, venceram os italianos por 3×1, até com certa facilidade, com parciais de 19/25, 25/19, 25/14, 25/19. O oposto Anderson foi o maior pontuador do jogo com 16 pontos.

Encerrando a rodada, em Fukuoka, os anfitriões japoneses enfrentaram os poloneses, atuais campeões mundiais. O triunfo polonês não foi fácil. Eles cederam a primeira parcial na Copa e perderam a liderança da competição para o Brasil. No fim, vitória da Polônia por 3×1, com parciais de 25/23, 25/17, 19/25, 25/17. O japonês Nishida marcou 16 pontos, sendo a maior pontuação do jogo.

O japonês Nishida em ação de ataque/Divulgação FIVB

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s