EM SEU SEGUNDO JOGO, BRASIL DERROTA AUSTRÁLIA

Pela Copa do Mundo de vôlei masculino 2019, em jogo válido pela 2ª rodada, o Brasil conquistou a segunda vitória na competição. Contra a Austrália, a seleção brasileira venceu pelo placar máximo, ou seja, 3×0, com parciais de 25/15, 25/20, 25/17. Mais uma vez, o oposto brasileiro Alan foi o maior pontuador do confronto, empatado com o australiano Williams, com 13 pontos cada.

Ao fim do duelo contra a Austrália, o técnico Renan Dal Zotto comentou com a assessoria da CBV sobre a vitória. “São três pontos importantes em uma competição muito equilibrada, onde cada jogo é uma final. Tenho certeza que os números de hoje, o resultado do placar, não reflete o que se apresentou nos últimos anos entre Brasil e Austrália, que sempre fizeram jogos equilibrados. Fico feliz porque saímos de um jogo importante, que nos deixou bastante preocupados, com três pontos que valem muito nesta competição”.

Com o resultado, o Brasil assumiu a liderança da Copa, com 6 pontos, nos critérios de desempate. Também ainda estão invictos no torneio as seleções da Polônia, Egito, Argentina e Rússia. Na próxima rodada da competição, os brasileiros duelam pela ponta da tabela contra os egípcios. A partida acontece na sexta-feira, 4 de Outubro, logo cedo, a partir das 6h da manhã, com transmissão do SPORTV 2.

RESUMO

O Brasil iniciou a partida contra a Austrália titubeando nos contra-ataques. Aos poucos, os brasileiros imprimiram o seu ritmo de jogo ao duelo. Como um rolo compressor, os brasileiros não deixaram os australianos respirarem. Com saque e bloqueio eficientes, em um nível ainda maior do que na estreia, a seleção brasileira não permitiu qualquer reação da Austrália. No entanto, diferentemente do duelo anterior contra o Canadá, o serviço australiano colocou a recepção brasileira em apuros, em vários momentos. Porém, a virada de bola do Brasil manteve um alto aproveitamento, com Leal e Lucarelli, mesmo nas bolas mais altas.

AUSTRÁLIA Dosanjh (0), Williams (13), O’dea (6), Weir (5), Sanderson (2), Smith (7), Perry (L). Entraram: Staples (0), Richards (2). Técnico: Mark Lebedew

BRASIL Bruninho (2), Alan (13), Lucão (9), Maurício Souza (4), Leal (11), Lucarelli (10), Thales (L). Entraram: Cachopa (1), Maurício Borges (0), Flávio (1), Filipe Roque (2), Douglas Souza (2). Técnico: Renan Dal Zotto

A seleção brasileira comemora a vitória/Divulgação FIVB

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s