PELA 16ª VEZ, OSASCO É CAMPEÃO PAULISTA

A capitã Fabíola ergue a taça/Divulgação/Jump/João Pires

O Osasco conquistou o Campeonato Paulista feminino de vôlei 2021. Foi o décimo sexto título estadual de Osasco na história da competição. Anteriormente, Osasco foi campeão paulista em 2001, 2002, 2003, 2004, 2005, 2006, 2007, 2008, 2012, 2013, 2014, 2015, 2016, 2017, 2020. Neste ano, na decisão do torneio, contra o Barueri, o Osasco fez 2×0 na série final, jogando no domínio adversário, com uma vitória por 3×0. Com o resultado, o Osasco deu o troco no time de José Roberto Guimarães. Há dois anos, o Barueri havia conquistado o inédito título paulista, em pleno ginásio José Liberatti, contra o time de Osasco.

O pôster do time campeão paulista

NA ABERTURA DA TEMPORADA, PRAIA VENCE SUPERCOPA

A equipe do Praia Clube, campeã da Supercopa 2021/Divulgação CBV

O Praia Clube conquistou a Supercopa feminina de vôlei 2021. Foi o quarto título consecutivo do time do Triângulo Mineiro na história da competição. Anteriormente, o Praia venceu o torneio que abre a temporada nacional de clubes em 2018, 2019, 2020. Neste ano, jogando na cidade de Brusque, em Santa Catarina, na decisão do título, o Praia superou o Minas por 3×0, com parciais de 25/16, 25/18, 25/20. Com o resultado, o Praia conquistou o seu segundo título na temporada. Há dois dias, o time de Uberlândia foi campeão mineiro dentro da Arena Minas, em Belo Horizonte.

Ao final do confronto, a central Carol do Praia comentou sobre a conquista do título em entrevista à CBV. “Estou muito feliz com esse título para o Dentil/Praia Clube. Estamos passando por um momento muito difícil com a pandemia e tenho que agradecer aos patrocinadores e aos torcedores que estão sempre do nosso lado. Essa equipe tem trabalhado muito e ainda temos muito o que evoluir. Esse é só o início do trabalho. Foi um começo de temporada muito bom, mas temos que colocar o pé no chão e seguir trabalhando muito forte”.

Já o técnico do Minas, Nicola Negro, lamentou a performance de sua equipe. “Não estamos satisfeitos com a forma que jogamos e fico triste pelo público que merecia uma performance melhor da nossa equipe. Infelizmente nesse momento não conseguimos nos apresentar de forma melhor. Parabéns ao Praia Clube pelo título. Tivemos algumas jogadoras que ficaram fora por 15 dias e estamos sentindo isso. Agora temos que pensar no Sul-Americano e seguir trabalhando bastante”.

ITAMBÉ/MINAS Macris, Kisy, Thaisa, Gattaz, Oszoy, Pri Daroit e Léia (líbero). Entraram: Pri Heldes, Cuttino, Pri Souza. Técnico: Nicola Negro

DENTIL/PRAIA CLUBE Claudinha, Brayelin, Jineiry, Carol, Anne Buijs, Kasiely e Suelen (líbero). Técnico: Paulo Coco

A ponteira holandesa Anne Buijs, maior pontuadora do jogo, com 16 pontos/Divulgação CBV

VÔLEI RENATA/CAMPINAS É BICAMPEÃO PAULISTA

A equipe do Vôlei Renata/Campinas, bicampeã estadual (2020-2021)

O Vôlei Renata/Campinas conquistou o título do Campeonato Paulista masculino de vôlei 2021. Foi o segundo título estadual do projeto na história da competição. Anteriormente, em 2020, o Vôlei Renata havia sido campeão paulista, após bater o Taubaté nas finais. Neste ano, jogando em casa, no ginásio do Taquaral, na decisão do campeonato, o Vôlei Renata venceu o Vedacit/Guarulhos, por 3×0, com parciais de 25/21, 25/19, 25/19.

Como havia perdido o primeiro jogo das finais no tie-break, em Guarulhos, o título paulista foi decidido no Golden Set, com parcial de 25/17, a favor do Vôlei Renata. Com a conquista, a cidade de Campinas ficou com o título estadual pela 3ª vez na história. Sobre outra nomenclatura, em 1996, Campinas também foi campeã paulista.

CBV DIVULGA TABELA DA SUPERLIGA 2021/2022

O Centro de Desenvolvimento do Vôlei (CDV) foi palco da decisão da temporada passada da Superliga/Divulgação CBV

Na última sexta-feira, 15 de Outubro, a Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) divulgou a tabela da Superliga 2021/2022. No masculino, a abertura da competição acontece no próximo sábado, 23 de Outubro, com três jogos da primeira rodada. Já no feminino, o primeiro jogo do torneio acontece na quinta-feira, 28 de Outubro, no confronto entre Brasília Vôlei e Maringá, no ginásio do Sesi Taguatinga, em Brasília.

Nos dois naipes, as fases eliminatórias serão disputadas em série melhor de três. As finais da Superliga Masculina estão previstas para os dias 23 de Abril, 30 de Abril e 7 de Maio. Já as finais da Superliga Feminina, estão programadas para os dias 22 de Abril, 29 de Abril e 6 de Maio. Nos links abaixo, você acessa a tabela completa da Superliga 2021/2022 nas duas categorias.

Participam da Superliga Masculina 2021/2022, os seguintes times: Apan/Blumenau, Fiat Minas/Gerdau, Montes Claros/América Vôlei, Sada/Cruzeiro, Sesi/SP, Azulim/Gabarito/Uberlândia, Vedacit/Vôlei Guarulhos, Vôlei Renata/Campinas, Farma Conde/São José, Funvic/Natal, Goiás Vôlei e Brasília Vôlei. Participam da Superliga Feminina 2021/2022, os seguintes times: Itambé/Minas, Dentil/Praia Clube, Osasco, Sesc/Flamengo, Sesi/Bauru, Barueri, Fluminense, Pinheiros, Brasília Vôlei, Unilife Maringá, Curitiba Vôlei e Valinhos.

https://superliga.cbv.com.br/arquivos/tabela-superliga-feminina-2021-2022.pdf

https://superliga.cbv.com.br/arquivos/tabela-superliga-masculina-2021-2022.pdf

Fonte: CBV

PELA 8ª VEZ, PRAIA CLUBE É CAMPEÃO MINEIRO

O Praia Clube conquistou o Campeonato Mineiro de vôlei feminino 2021. Foi o oitavo título estadual do time de Uberlândia. Anteriormente, o Praia Clube venceu a competição em 2006, 2011, 2012, 2013, 2014, 2015, 2019. Neste ano, jogando na Arena Minas, em Belo Horizonte, o Praia bateu o Itambé/Minas, no jogo decisivo, pelo placar de 3×0, com parciais de 25/20, 25/17, 25/22. Com o resultado, o time do Triângulo Mineiro foi campeão invicto, com três vitórias, por 3×0. Ainda faltando uma partida, marcada para dezembro, completou o pódio do torneio, na 3ª posição, a equipe de Brasília, após vitória sobre o Sada, por 3×1.

PELAS FINAIS DO PAULISTA, OSASCO LARGA NA FRENTE

O Osasco venceu o primeiro jogo das finais do Campeonato Paulista feminino de vôlei 2021. Jogando em casa, no ginásio José Liberatti, o Osasco bateu o Barueri, pelo placar de 3×0, com parciais de 25/21, 25/20, 25/22. Com o resultado, o Osasco está a uma vitória do 16º título estadual. Para isso, precisa vencer o segundo jogo da série final, em Barueri, na próxima terça-feira, 19 de Outubro, às 18h. Em caso de vitória do Barueri, o título será decidido em um terceiro jogo, dessa vez, em Osasco, na sexta-feira, 22 de Outubro.

OSASCO E BARUERI NAS FINAIS DO PAULISTA FEMININO 2021

A atacante Tifanny do Osasco em ação ofensiva/Divulgação Pinheiros/Ricardo Bufolin

Osasco e Barueri decidem o Campeonato Paulista feminino de vôlei 2021. O primeiro jogo das finais acontece nesta sexta-feira, 15 de Outubro, em Osasco, no ginásio José Liberatti, às 21h30. O segundo jogo está marcado para terça-feira, 19 de Outubro, em Barueri, no ginásio José Corrêa, às 18h. Caso necessário um terceiro jogo, ele ocorrerá na sexta-feira, 22 de Outubro, em Osasco, no ginásio José Liberatti, às 19h. Todos os três jogos terão transmissão do SPORTV 2.

NÚMEROS

Osasco busca o seu décimo sexto título estadual. No ano passado, foi campeão paulista batendo o Sesi/Bauru na decisão. Já Barueri chega na sua terceira final de Paulista. O time de José Roberto Guimarães busca o seu segundo título. Em 2019, foi campeão vencendo Osasco na final. Na 1ª fase da competição, Osasco foi vice-líder com 4 vitórias e 1 derrota. Barueri ficou em 4º lugar, com 2 vitórias e 3 derrotas. No confronto entre as duas equipes finalistas, melhor para o Osasco, pelo placar de 3×1, com parciais de 16/25, 25/21, 25/20, 25/23.

GUARULHOS SAI NA FRENTE NA DECISÃO DO PAULISTA

O central Lucão do Campinas em ação ofensiva/Duda Barros/Divulgação

O Vôlei Guarulhos venceu o primeiro jogo da decisão do Campeonato Paulista masculino de vôlei 2021. Jogando em seus domínios, no ginásio da Ponte Grande, o Vôlei Guarulhos bateu o Campinas, de virada, no tie-break, com parciais de 38/36, 20/25, 20/25, 25/21, 15/10. O oposto Franco do Guarulhos teve grande atuação individual. Ele marcou 37 pontos.

Com o resultado, o Vôlei Guarulhos está a uma vitória do inédito título estadual de 2021. Para isso, precisa vencer o segundo jogo da série final. Em caso de derrota para o Campinas, o título será decidido no Golden Set. A grande final do Campeonato Paulista 2021 acontece na próxima segunda-feira, 18 de Outubro, em Campinas, no ginásio do Taquaral, às 19h, com transmissão do SPORTV 2.

CAMPINAS E GUARULHOS NA DECISÃO DO PAULISTA 2021

O bloqueio de Guarulhos em ação/Divulgação Vôlei Guarulhos/Marcelo Pereira

Vôlei Renata/Campinas e Vedacit/Guarulhos decidem o Campeonato Paulista masculino de vôlei 2021. O primeiro jogo das finais acontece nesta quarta-feira, 13 de Outubro, em Guarulhos, no ginásio da Ponte Grande, às 21h30. O segundo jogo está marcado para segunda-feira, 18 de Outubro, em Campinas, no ginásio do Taquaral, também às 21h30. Todos os dois jogos terão transmissão do SPORTV 2. Em caso de uma vitória para cada lado, o título será decidido no Golden Set.

NÚMEROS

O Vôlei Renata/Campinas busca a sua segunda conquista estadual, em sua terceira final consecutiva de Campeonato Paulista. No ano passado, foi campeão batendo a extinta equipe de Taubaté. Já Guarulhos chega na sua primeira decisão de título. Na 1ª fase, Campinas liderou a competição, com 6 vitórias e uma derrota. Guarulhos ficou na 3ª posição, com 2 derrotas em 7 jogos. No confronto entre as duas equipes finalistas, melhor para o Campinas, pelo placar de 3×0, com parciais de 25/21, 27/25, 25/19.

PELA 13ª VEZ, CRUZEIRO É CAMPEÃO MINEIRO

O Sada/Cruzeiro manteve a hegemonia no Campeonato Mineiro. Pela 13ª vez, foi campeão estadual de vôlei masculino. Há 12 anos, o time celeste não perde a competição. A última vez em que o Sada/Cruzeiro não sagrou-se campeão estadual foi em 2009. Neste ano, na grande decisão, disputada em Contagem, o Cruzeiro bateu o Minas, por 3×1, com parciais de 25/21, 27/25, 24/26, 25/21. Completou o pódio da competição, na 3ª posição, o América/Montes Claros após derrotar o Brasília, na disputa do bronze, por 3×0, com parciais de 25/18, 25/20, 25/17.

O time do Sada/Cruzeiro perfilado/Divulgação FMV