SÉRVIA VENCE EUA

Pela Liga das Nações masculina 2021, em jogo válido pela 9ª rodada, a Sérvia venceu os Estados Unidos. Após abrir 2×0 no placar, os sérvios sofreram muita pressão dos americanos, mas conseguiram fechar a partida. O placar final do confronto ficou em 3×1, com parciais de 25/23, 25/17, 19/25, 27/25, a favor da Sérvia. Os americanos cederam 25 pontos em erros. A Sérvia fez 11 pontos de bloqueio. Os ponteiros Defalco dos Estados Unidos e Kovacevic da Sérvia foram os maiores pontuadores do jogo, com 22 pontos cada. Na próxima rodada, terça-feira, 15 de Junho, a Sérvia joga contra a Rússia, às 5h da manhã. Já os Estados Unidos enfrentam a Itália, às 11h30, do mesmo dia.

O ponteiro Kovacevic, maior pontuador do jogo, com 22 pts/Divulgação FIVB

COM TRANQUILIDADE, BRASIL GANHA DA BULGÁRIA

Pela 8ª rodada da Liga das Nações masculina 2021, o Brasil derrotou a Bulgária. Com tranquilidade, os brasileiros venceram os búlgaros, por 3×0, com parciais de 25/16, 25/22, 25/12. Contra uma jovem seleção da Bulgária, o Brasil utilizou a partida para rodar o seu elenco. Apenas Lucarelli disputou o jogo, do time considerado titular. Ele, aliás, foi o maior pontuador do confronto, com 15 pontos. Pela Bulgária, Parapunov e Asparuhov marcaram 8 pontos cada. O serviço brasileiro foi o destaque da partida, com 10 pontos diretos no fundamento. Na próxima rodada, amanhã, o Brasil enfrenta os poloneses, às 16h, com transmissão do SPORTV 2. Já os búlgaros, jogam contra os holandeses, mais cedo, às 10h.

BULGÁRIA Seganov, Parapunov, Karyagin, Asparuhov, Kartev, Kolev, Ivanov (L). Entraram: Stankov, Petrov, Ivanov, Lyutskanov. Técnico: Silvano Prandi

BRASIL Cachopa, Alan, Lucarelli, Douglas Souza, Flávio, Isac, Maique (L). Entraram: Vaccari, Bruninho, Wallace. Técnico: Carlos Schwanke

OUTROS RESULTADOS

Sérvia 3×2 Irã

Rússia 3×1 Canadá

França 2×3 Eslovênia

Argentina 3×0 Austrália

Alemanha 0x3 EUA

Japão 3×2 Itália

Polônia 3×0 Holanda

O ponteiro Lucarelli, maior pontuador do jogo/Divulgação FIVB

SELEÇÃO MASCULINA VENCE A HOLANDA

Pela Liga das Nações masculina 2021, em jogo válido pela 7ª rodada, o Brasil derrotou a Holanda. Jogando na bolha de Rimini na Itália, os brasileiros bateram os holandeses, por 3×0, com parciais de 25/19, 25/22, 27/25. O ponteiro cubano naturalizado brasileiro Leal realizou a sua melhor partida na competição, até o momento. Ele marcou 20 pontos, sendo 18 no ataque e 2 no serviço. Pela Holanda, o oposto Nimir também fez 20 pontos, empatando com Leal na liderança da pontuação do jogo. O bloqueio brasileiro foi decisivo na terceira parcial, com 5 pontos diretos, sendo 9 no total do jogo. Os holandeses cederam 14 pontos de erros somente no serviço. Na próxima rodada, amanhã, às 13h, o Brasil enfrenta a Bulgária, com transmissão do SPORTV 2. Já a Holanda, joga contra a Polônia, às 16h, também com transmissão do SPORTV 2.

HOLANDA De Weijer, Nimir, Tuinstra, Andriga, Parkinson, Van der Ent, Dronkers (L). Entraram: Solkema, Van Tilburg, Plak. Técnico: Roberto Piazza

BRASIL Bruninho, Wallace, Leal, Maurício Borges, Maurício Souza, Flávio, Thales (L). Entraram: Cachopa, Alan, Vaccari, Lucarelli. Técnico: Carlos Schwanke

OUTROS RESULTADOS – 7ª rodada

Sérvia 3×1 Alemanha 19/25, 25/22, 25/18, 25/15

Japão 3×1 Austrália 25/18, 21/25, 28/26, 26/24

França 3×1 Rússia 22/25, 25/18, 30/28, 25/19

Eslovênia 3×0 Canadá 25/22, 25/19, 25/22

Argentina 0x3 Itália 28/30, 21/25, 20/25

Irã 3×0 EUA 25/19, 25/23, 25/23

Polônia 3×0 Bulgária 25/19, 25/15, 25/12

O cubano naturalizado brasileiro Leal/Divulgação FIVB

NO TIE-BREAK, BRASIL PERDE DA CHINA B

Pela 9ª rodada da Liga das Nações feminina 2021, o Brasil perdeu da China B. Foi a segunda derrota brasileira na competição. A China não estava em quadra com sua força máxima. O Brasil saiu na frente no jogo, mas não conseguiu parar a ponteira chinesa Zhang. Ela marcou 36 pontos, sendo 32 no ataque, 2 de bloqueio e 2 no serviço. Além disso, a China errou muito pouco. Em 5 sets, cedeu apenas 9 pontos em erros. O placar final do confronto ficou em 3×2, com parciais de 18/25, 25/22, 25/20, 14/25, 15/12, a favor das chinesas. A oposta Tandara foi a maior pontuadora do Brasil, com 26 pontos, sendo 22 no ataque e 4 de bloqueio. Na próxima rodada, sábado, 12 de Junho, o Brasil enfrenta a Polônia, às 16h, com transmissão do SPORTV 2. Já a China, joga contra a Holanda, no mesmo dia, mais cedo, às 11h.

CHINA Yao Di, Li Yao, Liu Xiaontog, Zhang, Yang, Wang Yuanyuan, Wang (L). Entraram: Diao, Duan Fang, Liu Yanhan. Técnico: Lang Ping

BRASIL Macris, Tandara, Gabi, Garay, Carol, Carol Gattaz, Brait (L). Entraram: Dani Lins, Rosamaria, Lorenne, Bia. Técnico: José Roberto Guimarães

OUTROS RESULTADOS

Tailândia 0x3 Rep.Dominicana

Turquia 3×2 Rússia

Canadá 0x3 Holanda

Japão 3×2 Polônia

Alemanha 3×0 Coreia do Sul

Bélgica 3×2 Sérvia

Itália 1×3 EUA

A chinesa Zhang em ação de ataque/Divulgação FIVB

SEM SUSTOS, BRASIL PASSA PELA BÉLGICA

Pela Liga das Nações feminina 2021, em jogo válido pela 8ª rodada, o Brasil derrotou a Bélgica. Jogando na bolha de Rimini na Itália, as brasileiras passaram pela Bélgica, com tranquilidade, por 3×0, com parciais de 25/18, 25/16, 25/17. O Brasil tornou o jogo fácil, com um alto aproveitamento dos contra-ataques. Mais uma vez na competição, o sistema defensivo brasileiro propiciou muitas chances de pontos. A oposta Tandara foi a maior pontuadora do confronto, com 18 pontos. Pela Bélgica, a ponta Herbots marcou 12 pontos. Na próxima rodada, amanhã, o Brasil joga contra a China, às 11h, com transmissão do SPORTV 2. Já a Bélgica enfrenta a Sérvia, às 14h30.

BÉLGICA Van de Vyver, Guilliams, Van Gestel, Herbots, Janssens, Avermaet, Rampelberg (L). Entraram: Van Sas, Sobolska, Charlotte, Valkeneer. Técnico: Gert Vande Broek

BRASIL Macris, Tandara, Gabi, Garay, Carol, Carol Gattaz, Brait (L). Entraram: Roberta, Rosamaria, Bia, Lorenne. Técnico: José Roberto Guimarães

OUTROS RESULTADOS – 8º rodada

Rússia 3×1 Tailândia 25/14, 18/25, 25/14, 25/20

Turquia 1×3 Rep.Dominicana 22/25, 21/25, 25/23, 17/25

Canadá 0x3 Japão 16/25, 15/25, 15/25

China 1×3 Sérvia 22/25, 18/25, 25/19, 22/25

Coreia do Sul 0x3 EUA 16/25, 12/25, 15/25

Polônia 2×3 Holanda 25/21, 23/25, 25/22, 21/25, 9/15

Alemanha 0x3 Itália 21/25, 19/25, 11/25

A seleção brasileira em conjunto/Divulgação FIVB

SELEÇÃO FEMININA CONQUISTA 6ª VITÓRIA

Pela 7ª rodada da Liga das Nações feminina 2021, o Brasil venceu a Sérvia. Sem sustos, a seleção brasileira atropelou o time da Sérvia “alternativa”, por 3×0, com parciais de 25/12, 25/14, 25/13. Foi a sexta vitória brasileira na competição. Com o resultado, o Brasil se manteve entre o grupo dos classificados para as finais. A Sérvia não está disputando a VNL com sua equipe considerada principal. O serviço brasileiro foi muito bem com 5 pontos diretos. A Sérvia cedeu 22 pontos em erros. A oposta Tandara foi a maior pontuadora do jogo, com 12 pontos. Pela Sérvia, Mirosavljevic anotou 9 pontos. Na próxima rodada, amanhã, o Brasil enfrenta a Bélgica, às 16h, com transmissão do SPORTV 2. A Sérvia joga com as chinesas, às 10h, também com transmissão do SPORTV 2.

BRASIL Macris, Tandara, Garay, Gabi, Carol, Carol Gattaz, Brait (L). Entraram: Dani Lins, Sheilla, Adenízia, Ana Cristina, Mayany, Nyeme (L). Técnico: José Roberto Guimarães

SÉRVIA Djordjevic, Caric, Lozo, Mirosavljevic, Kocic, Markovic, Gocanin (L). Entraram: Lazovic, Jaksic, Savic, Delic. Técnico: Aleksandar Vladisavljev

OUTROS RESULTADOS – 7ª rodada

China 2×3 Bélgica

Japão 0x3 Holanda

Turquia 3×1 Tailândia

Rep. Dominicana 2×3 Rússia

Canadá 2×3 Polônia

Itália 3×1 Coreia do Sul

Alemanha 0x3 Estados Unidos

A seleção feminina/Divulgação FIVB

DE VIRADA, BRASIL SUPERA A SÉRVIA

Em jogo válido pela Liga das Nações masculina 2021, de virada, o Brasil derrotou a Sérvia. Foi a quinta vitória brasileira na competição. O placar final do confronto ficou em 3×1, com parciais de 23/25, 25/23, 25/15, 25/22, a favor do Brasil. A seleção brasileira realizou um excelente 3º set. Talvez o melhor até o momento na VNL 2021. Finalmente, o bloqueio brasileiro apareceu. Foram 14 pontos diretos no fundamento. O ponteiro Douglas Souza do Brasil foi o destaque individual da partida, com 22 pontos, sendo 17 no ataque, 4 de bloqueio e 1 no serviço. Pela Sérvia, Ivovic marcou 14 pontos. Na próxima rodada, quarta-feira, 9 de Junho, o Brasil enfrenta a Holanda, às 16h, com transmissão do SPORTV 2. Já a Sérvia, joga contra a Alemanha, às 5h.

BRASIL Bruninho, Alan, Lucarelli, Douglas Souza, Flávio, Maurício Souza, Thales (L). Entraram: Cachopa, Isac, Maique (L). Técnico: Carlos Schwanke

SÉRVIA Jovovic, Atanasijevic, Ivovic, Kovacevic, Krsmamovic, Prodrascanin, Pekovic (L). Entraram: Todorovic, Luburic, Simic. Técnico: Slobodan Kovac

OUTROS RESULTADOS – 6ª rodada

Holanda 0x3 Argentina

Eslovênia 1×3 Alemanha

França 3×2 Japão

Rússia 1×3 Polônia

EUA 3×0 Austrália

Bulgária 0x3 Irã

Canadá 2×3 Itália

Douglas Souza na pipe, maior pontuador do jogo/Divulgação FIVB

COM MUSERSKIY, RÚSSIA BATE AUSTRÁLIA

Atual bicampeã da Liga das Nações masculina, a seleção russa venceu a Austrália, na tarde de hoje, pela 5ª rodada da VNL 2021. Mesmo cedendo 29 pontos em erros, em apenas 3 sets, os russos bateram os australianos, por 3×0, com parciais de 25/19, 26/24, 25/21. Com o resultado, a Rússia assumiu a liderança da competição, com 13 pontos e 4 vitórias. O oposto russo Poletaev e o central russo Muserskiy empataram na liderança da pontuação do jogo, com 14 pontos cada. Pela Austrália, Smith anotou 13 pontos. Na próxima rodada, a Rússia enfrenta a Polônia, às 11h, em confronto direto pela ponta da tabela. Já os australianos, jogam contra os Estados Unidos, às 13h.

O central russo Muserskiy no ataque/Divulgação FIVB

BRASIL CONSEGUE REABILITAÇÃO

Após o revés de ontem para a França, o Brasil conseguiu a reabilitação, pela Liga das Nações masculina 2021. Contra o Japão, na bolha de Rimini na Itália, com escalação diferente da partida anterior, os brasileiros não tiveram dificuldades para vencer por 3×0, com parciais de 25/20, 25/16, 25/20. Foi a quarta vitória do Brasil na VNL 2021. O central Maurício Souza realizou o seu primeiro jogo na competição. O serviço brasileiro foi um dos responsáveis pelo triunfo da manhã de hoje, com 7 pontos no fundamento. O oposto Wallace do Brasil foi o maior pontuador do confronto, com 16 pontos. Pelo Japão, Takanashi marcou 9 pontos. Na próxima rodada, amanhã, o Brasil joga com a Sérvia, às 10h, com transmissão do SPORTV 2. Já o Japão, enfrenta a França, mais cedo, às 8h.

BRASIL Cachopa, Wallace, Douglas Souza, Leal, Isac, Maurício Souza, Thales (L). Entraram: Maique (L), Alan, Bruninho, Maurício Borges, Flávio, Matheus Bispo. Técnico: Carlos Schwanke

JAPÃO Fujii, Shimizu, Takanashi, Lee, Ishikawa, Yamauchi, Yamamoto (L). Entraram: Haku, Ogawa (L), Oya, Fukuzawa, Otsuka, Takanashi. Técnico: Yuichi Nakagaichi

O oposto brasileiro Wallace, maior pontuador do jogo/Divulgação FIVB

BRASIL SOFRE DERROTA PARA A FRANÇA

Pela Liga das Nações masculina 2021, em jogo válido pela 4ª rodada, o Brasil foi derrotado pela França. Jogando na bolha de Rimini na Itália, os brasileiros deixaram os franceses reagirem na primeira parcial, após abrirem uma vantagem de 6 pontos. O placar final do confronto ficou em 3×0, com parciais 39/37, 25/18, 30/28, a favor da França. Os brasileiros erraram muito. Foram 31 pontos cedidos em erros para o adversário. O oposto francês Patry foi o destaque individual do jogo, com 20 pontos de ataque. Pelo Brasil, Leal e Lucarelli foram os maiores pontuadores, com 12 pontos cada. Na próxima rodada, amanhã, o Brasil enfrenta o Japão, às 8h, com transmissão do SPORTV 2. Já os franceses, jogam contra a Sérvia, às 10h.

BRASIL Bruno, Wallace, Flávio, Isac, Leal, Lucarelli, Thales (L). Entraram: Cachopa, Alan, Matheus Bispo, Douglas Souza, Maurício Borges. Técnico: Carlos Schwanke

FRANÇA Toniutti, Patry, Le Goff, Chinenyeze, Tillie, Ngapeth, Grebennikov (L). Entraram: Rossard, Clevenot. Técnico: Laurent Tillie

OUTROS RESULTADOS

Alemanha 2×3 Argentina

Irã 3×1 Canadá

Japão 1×3 Sérvia

Holanda 0x3 Eslovênia

Polônia 3×0 Austrália

Itália 3×2 Bulgária

Rússia 3×1 EUA

O oposto Patry em ação de ataque/Divulgação FIVB