A 1ª RODADA DOS PLAYOFFS DA SUPERLIGA MASCULINA

Há exatamente uma semana, teve início a fase eliminatória da Superliga Masculina 2021/2022. Os oito primeiros colocados da 1ª fase enfrentam-se no sistema de mata-mata, em melhor de 3 jogos, com: 1ºx8º, 2ºx7º, 3ºx6º, 4ºx5º. Pela primeira vez, após dois anos de pandemia, o público está de volta aos ginásios nos playoffs, seguindo regras sanitárias. Confira abaixo, alguns detalhes da 1ª rodada dos playoffs da Superliga Masculina 2021/2022.

PLAYOFFS

Abrindo os playoffs da competição, na quarta-feira passada, 23 de Março, Cruzeiro e São José dos Campos jogaram em Contagem, pelo primeiro jogo das quartas-de-final. Impondo o seu ritmo, o Cruzeiro não teve dificuldades para vencer a partida por 3×0, com parciais de 25/15, 25/21, 25/21. López e Wallace do time mineiro foram os maiores pontuadores do confronto, com 13 pontos cada. Wallace ainda foi eleito o melhor em quadra, recebendo o troféu Viva Vôlei ao final do jogo.

O time do Cruzeiro afastou o fantasma da eliminação na temporada anterior/Agência i7/Sada/Cruzeiro

Ainda na quarta-feira, 23 de Março, foi a vez de Vôlei Guarulhos e Apan/Blumenau entraram em quadra, pelos playoffs da Superliga Masculina. Jogando em casa, o Vôlei Guarulhos venceu o primeiro confronto no duelo mais equilibrado desta fase teoricamente. Apoiado na eficiência do oposto Franco, ao contrário do oposto do rival, Vôlei Guarulhos bateu o Apan/Blumenau, por 3×0, com parciais de 25/20, 25/21, 29/27.

O oposto Franco do Guarulhos recebeu o troféu Viva Vôlei de melhor jogador em quadra/Divulgação Vôlei Guarulhos

Na quinta-feira, 24 de Março, em São Paulo, no ginásio da Vila Leopoldina, dentro de casa, o Sesi/SP perdeu o primeiro jogo da série melhor de três contra o Vôlei Renata. Contando com todas as peças, o time campineiro realizou sua melhor partida até o momento na competição. O placar final do confronto, ficou em 3×0, a favor do Vôlei Renata, com parciais de 25/23, 25/14, 25/23. Mesmo com o revés, o central Léo do Sesi foi o maior pontuador do jogo, com 17 pontos. O central Lucão do Campinas recebeu o troféu Viva Vôlei de melhor jogador em quadra.

A equipe do Vôlei Renata reverteu a vantagem do Sesi/SP nos playoffs/Pedro Teixeira/Divulgação Vôlei Renata

Encerrando a 1ª rodada dos playoffs da Superliga Masculina, ainda na quinta-feira, 24 de Março, Fiat/Minas e Funvic/Natal jogaram na Arena Minas, em Belo Horizonte. Sem Vissoto, o Minas encontrou dificuldades contra a equipe nordestina, mas venceu o primeiro jogo da série, por 3×1, com parciais de 25/23, 23/25, 30/28, 25/17. O oposto cubano Sanchez do Minas marcou 21 pontos, sendo o maior pontuador do jogo. Ao final da partida, o ponteiro Honorato, eleito o melhor em quadra, entregou o troféu Viva Vôlei para o companheiro de equipe William.

O ponteiro Honorato do Minas, ao centro, entrega o troféu Viva Vôlei para o companheiro de equipe William/Orlando Bento/MTC

OS PLAYOFFS DA SUPERLIGA MASCULINA

Começa hoje a fase quartas-de-final da Superliga Masculina 2021/2022. Os confrontos foram definidos na semana passada, após o fim da última rodada da fase regular. Líder da 1ª fase, o Fiat/Minas enfrenta o Funvic/Natal, 8º colocado. Sada/Cruzeiro, 2º colocado, terá pela frente o São José dos Campos, 7º colocado. Sesi/SP, 3º colocado, encara o Vôlei Renata/Campinas, 6º colocado. Finalizando os confrontos da próxima fase, o Vôlei Guarulhos, 4º colocado, joga contra o Apan/Blumenau, 5º colocado. Confira abaixo alguns detalhes dos duelos de quartas-de-final da Superliga Masculina 2021/2022.

Fiat/Minas x Funvic/Natal

Após muitos anos, o Minas encerrou a 1ª fase da Superliga Masculina na liderança. Como resultado, terá pela frente teoricamente o adversário mais fraco das quartas-de-final. Apesar disso, o Minas perdeu a invencibilidade na competição na 1ª fase, no returno, justamente para o seu oponente nos playoffs, o Funvic/Natal. No entanto, desde quando consolidou a boa campanha na 1ª fase, o Minas rodou o seu elenco, poupando seus jogadores para o mata-mata. Chegou o momento certo de saber se o Minas agiu corretamente ao preservar suas peças na 1ª fase.

PLAYOFF QUARTAS-DE-FINAL

24/03 20:00 Fiat/Minas x Funvic/Natal

31/03 21:00 Funvic/Natal x Fiat/Minas

Se necessário 3º JOGO

04/04 21:30 Fiat/Minas x Funvic/Natal

O time do Minas ficou na liderança da 1ª fase, com apenas 2 derrotas/Orlando Bento/MTC

Sada/Cruzeiro x Farma Conde/São José dos Campos

Atual campeão sul-americano e mundial, o Sada/Cruzeiro terá uma prova de fogo nos playoffs da Superliga Masculina. Na temporada passada, o time mineiro foi eliminado precocemente nesta mesma fase, contra o mesmo adversário de agora. Sob outra nomenclatura, o Farma Conde/São José dos Campos surpreendeu o Cruzeiro, fazendo história na Superliga. Pela 1ª vez na competição, o 8º colocado da fase regular conseguiu avançar nos playoffs contra o 1º colocado. Um ano depois, o Cruzeiro terá a chance de provar que sua eliminação na temporada passada foi um acidente de percurso.

PLAYOFF QUARTAS-DE-FINAL

23/03 19:00 Sada/Cruzeiro x Farma Conde/São José

30/03 19:00 Farma Conde/São José x Sada/Cruzeiro

Se necessário 3º JOGO

03/04 19:00 Sada/Cruzeiro x Farma Conde/São José

O Cruzeiro terá uma prova de fogo nas quartas-de-final/Agenciai7/Divulgação/Sada/Cruzeiro

Sesi/SP X Vôlei Renata/Campinas

Antes de começar a competição, as previsões davam como certa que o Vôlei Renata terminaria a 1ª fase no G4. Com o fim da fase regular, o Vôlei Renata ficou apenas com um modesto 6º lugar. Seu adversário nas quartas-de-final, o Sesi/SP fez o caminho inverso. O time do campeão olímpico Anderson Rodrigues não era apontado como um dos favoritos, fez uma excelente 1ª fase, o que lhe rendeu o 3º lugar. Agora nos playoffs, o confronto está aberto. Tudo pode acontecer. A vantagem do mando de quadra, a favor do Sesi/SP, pode ser o fator de desequilíbrio.

PLAYOFF QUARTAS-DE-FINAL

24/03 17:30 Sesi x Vôlei Renata

31/03 18:30 Vôlei Renata x Sesi

Se necessário 3º JOGO

04/04 19:30 Sesi x Vôlei Renata

O jovem ponteiro Adriano é uma das armas do Campinas/Divulgação Vôlei Renata

Vôlei Guarulhos x Apan/Blumenau

No confronto teoricamente mais equilibrado das quartas-de-final, os opostos podem fazer a diferença. Franco e Bisset são a bola de segurança de Vôlei Guarulhos e Apan/Blumenau, respectivamente. Além disso, as duas equipes realizaram boas campanhas na 1ª fase da competição, desbancando o favorito Vôlei Renata. Assim como no confronto entre Sesi e Vôlei Renata, o mando de quadra, a favor do Vôlei Guarulhos, pode ser decisivo. No retrospecto da 1ª fase, o Vôlei Guarulhos saiu vitorioso contra o Apan/Blumenau, nos dois jogos.

PLAYOFF QUARTAS-DE-FINAL

23/03 21:30 Vôlei Guarulhos x Apan/Blumenau

30/03 21:30 Apan/Blumenau x Vôlei Guarulhos

Se necessário 3º JOGO

03/04 21:30 Vôlei Guarulhos x Apan/Blumenau

O oposto Franco do Guarulhos é um dos maiores pontuadores da Superliga Masculina/Divulgação Vôlei Guarulhos

*Todos os jogos serão transmitidos pelo SPORTV

A ÚLTIMA RODADA DA SUPERLIGA MASCULINA

Chega ao fim neste final de semana, a fase regular da Superliga Masculina 2021/2022. Seis jogos serão realizados, e algumas definições da 1ª fase estão pendentes. O líder Minas viaja até Blumenau para enfrentar o time da casa. O Cruzeiro joga contra o Vôlei Guarulhos no domínio adversário. O Sesi/SP joga contra o São José, fora de casa, na inauguração de uma nova arena. O Vôlei Renata recebe o Brasília, em Campinas. O América enfrenta o Funvic/Natal, em Montes Claros. E o Uberlândia joga com o Goiás no confronto dos times já rebaixados.

LIDERANÇA

Entre as definições pendentes da 1ª fase, está a liderança na fase regular. Minas e Cruzeiro disputam a ponta da tabela. O Minas precisa apenas vencer o seu compromisso contra o Apan/Blumenau, fora de casa. Já o Cruzeiro, precisa vencer o Vôlei Guarulhos, além de torcer por uma derrota do Minas, para ficar em 1º lugar na fase regular da Superliga Masculina 2021/2022.

O Fiat/Minas de Vissoto está a uma vitória da liderança na fase regular/Orlando Bento/MTC

VANTAGEM NOS PLAYOFFS

Um fato curioso, desta última rodada da fase de classificação da Superliga Masculina, é que os dois adversários de Minas e Cruzeiro, disputam a vantagem no confronto de quartas-de-final. Tanto Apan/Blumenau, quanto o Vôlei Guarulhos, possuem chances de encerrar a 1ª fase no G4. Para isso, eles precisam vencer seus confrontos contra os líderes da competição. Além disso, devem torcer um contra o outro, nesta última rodada de fase regular.

6º LUGAR

Apontado como um dos favoritos ao título da competição, antes do começo da disputa, o Vôlei Renata/Campinas se complicou na tabela, após uma série de contusões no elenco. Para a situação não ficar pior, e o time avançar de fase em 8º lugar, o time de Campinas precisa vencer o seu jogo contra o Brasília, em casa. Além do Vôlei Renata, brigam pela 6ª posição mais duas equipes: São José e Funvic/Natal.

As duas equipes estão empatadas em números de pontos, mas o representante do Nordeste possui campanha ligeiramente melhor, com uma vitória a mais. Para ficar em 6º lugar, os dois times precisam torcer por uma derrota do Vôlei Renata contra o Brasília, além de vencer seus jogos. No caso do São José, para ficar em 6º lugar, além do revés do Vôlei Renata, também é necessário uma derrota do Funvic/Natal. Tudo isso é importante para os três times porque evita um confronto contra Minas e o Cruzeiro nas quartas-de-final.

AS ESTATÍSTICAS DA SUPERLIGA MASCULINA

Com o returno da Superliga Masculina 2021/2022 em andamento, com base nos dados da CBV, o blog apresenta novamente um panorama do desempenho individual dos atletas. Neste momento da competição, o oposto Renan Buiati do São José dos Campos lidera na pontuação, com 278 pontos. Na vice-liderança, aparece o oposto Darlan do Sesi/SP, com 273 pontos. Fechando o pódio, o oposto Franco do Guarulhos, que já liderou o ranking de pontuação, com 239 pontos.

Já na média de pontos por set, Franco do Guarulhos mantém o 1º lugar no ranking com 5,98 de média. Na 2ª posição, está o oposto Vissoto do Minas com 4,7 de média de pontos por set. Em 3º lugar, fechando as estatísticas de pontuação na média de pontos, aparece o oposto Darlan do Sesi/SP, com 4,33.

No fundamento ataque, Maycon Leite do América é o mais eficiente com 63% de aproveitamento. Na vice-liderança, o central Thales do São José dos Campos com 61% de eficiência no ataque. Fechando o top 3 do fundamento, o central Lucão do do Campinas com 60% de aproveitamento.

No bloqueio, o central Ialisson do Blumenau mantém a dianteira no fundamento. Ao todo, ele marcou 50 pontos de bloqueio até o momento na competição. Em 2º lugar, o central Matheus Alejandro do Guarulhos com 41 pontos no fundamento. Fechando o rol dos três primeiros colocados no bloqueio, Marengoni do São José dos Campos, também com 41 pontos de bloqueio.

Já na recepção, o ponteiro Honorato do Minas lidera nas estatísticas da Superliga, com 72% de eficiência. Na vice-liderança, o líbero do Uberlândia/Gabarito, Diego Santos, com 72% de aproveitamento no fundamento. Em 3º lugar, o líbero Pureza do Sesi/SP, também com 72% de eficiência.

Encerrando a leitura dos números da CBV, uma análise do serviço. Nos números totais, o ponteiro cubano López do Cruzeiro lidera com 27 pontos diretos no saque. Na vice-liderança, o central Matheus Bispo do Minas com 24 pontos diretos no fundamento. Fechando o top 3 no serviço, mais um jogador do Minas, o ponteiro Honorato, com 22 pontos de saque.

O ponteiro cubano López do Cruzeiro, eleito MVP do último Mundial de Clubes, lidera as estatísticas no serviço da Superliga 2021/2022/Agência i7/Sada/Cruzeiro

Fonte: CBV

O JOGO DA RODADA – Sada/Cruzeiro conquista 13ª vitória na Superliga

O Sada/Cruzeiro conquistou a 13ª vitória na Superliga Masculina 2021/2022. Em jogo válido pela 16ª rodada, no ginásio do Riacho, em Contagem, o Cruzeiro superou o Brasília com facilidade. Com bela atuação, saiu de quadra com uma vitória por 3×0, com parciais de 25/14, 25/19, 25/20. Com o resultado, o Cruzeiro manteve a dianteira na vice-liderança da competição. Já o Brasília continua na luta contra o rebaixamento.

NÚMEROS

O bloqueio cruzeirense foi o grande destaque do jogo. Além disso, aproveitando-se do bom desempenho de seu time, o técnico Felipe Ferraz rodou o seu elenco. Muito por conta disso, Robson Rodrigues do Brasília saiu do jogo, como o maior pontuador, com 13 pontos. Pelo Cruzeiro, Rodriguinho marcou 10 pontos. Ele ainda foi eleito o melhor em quadra, recebendo o troféu Viva Vôlei, ao final do jogo.

PRÓXIMA RODADA

Na próxima rodada da Superliga, o Cruzeiro enfrenta o Sesi/SP, na Vila Leopoldina, em São Paulo, às 19h15, no Domingo, 13 de Fevereiro, com transmissão do SPORTV 2. Já o Brasília, terá pela frente o Fiat/Minas, líder da competição até o momento. A partida também está marcada para Domingo, 13 de Fevereiro, mais cedo, às 14h15, em Brasília, com transmissão do SPORTV 2.

OUTROS RESULTADOS

América 3×0 Uberlândia/Gabarito

Fiat/Minas 2×3 Funvic/Natal

Vôlei Guarulhos 3×0 São José dos Campos

Apan/Blumenau 3×2 Vôlei Renata

Sesi/SP 3×0 Goiás

O bloqueio cruzeirense marcou 10 pontos no jogo/Divulgação Sada/Agência i7/

FIAT/MINAS CONQUISTA TÍTULO INÉDITO

O campeão da Copa do Brasil 2022/Divulgação CBV/Inovafoto/Sávio Pereira

O Fiat/Minas conquistou o título inédito da Copa do Brasil. Anteriormente, a equipe mineira havia ficado com o vice-campeonato da competição em 2007 e 2019. Neste ano, jogando em Blumenau, no estado de Santa Catarina, contra o Vôlei Renata/Campinas, o Minas venceu a grande final do torneio, por 3×0, com parciais de 25/18, 25/15, 25/21. Os ponteiros Adriano e Leozinho, do Campinas e Minas, foram os maiores pontuadores do confronto, com 16 pontos.

Ao final do jogo, o experiente levantador William do Minas, campeão olímpico na Rio 2016, falou sobre a conquista da Copa do Brasil, em conversa com a CBV. “Eu fico muito grato com esta conquista, chegar a um título nacional, beirando os 43 anos, e jogando em alto nível ainda é algo que fica mais difícil a cada ano. Eu sou grato de jogar em um clube como o Minas, em confiarem no meu trabalho, quero ajudar o clube a brilhar no cenário nacional e internacional, quero dar o meu melhor cada vez que piso em quadra”.

VÔLEI RENATA/CAMPINAS Gonzalez, Evandro, Adriano, Temponi, Judson, Barreto, Alê (L). Entraram: Cristiano, Canuto, Nasser, Guilherme. Técnico: Marcos Pacheco

FIAT/MINAS/GERDAU William, Vissotto, Honorato, Leozinho, Juninho, Matheus Pinta, Maique (L). Entraram: Kelvi, Everaldo, Sanchez. Técnico: Nery Tambeiro

A CAMPANHA DO TÍTULO

Quartas-de-final

19/01 Fiat/Minas 3×1 Funvic/Natal

Semifinal

27/01 Fiat/Minas 3×1 Vôlei Guarulhos

Final

28/01 Vôlei Renata 0x3 Fiat/Minas

NO TIE-BREAK, CAMPINAS ELIMINA CRUZEIRO

Pelas semifinais da Copa do Brasil de vôlei masculino 2022, o Vôlei Renata/Campinas superou o Sada/Cruzeiro. Jogando desfalcado do central Lucão, o time do interior paulista eliminou o Cruzeiro, no tie-break, com parciais de 25/21, 27/25, 25/27, 25/27, 15/13. O ponteiro Adriano do Campinas foi o destaque individual do jogo, com grande desempenho no ataque. Ele marcou 28 pontos.

Com o resultado, o Vôlei Renata decidirá o título da competição pela terceira vez na história. Anteriormente, sobre outra nomenclatura, o time de Campinas perdeu a decisão da competição em 2015 e 2016. A disputa do título de 2022 será contra o Minas. O jogo está marcado para amanhã, 28 de Janeiro, às 21h, com transmissão do SPORTV 2.

O jovem ponteiro Adriano do Campinas assumiu a responsabilidade do jogo na vitória contra o Cruzeiro/Divulgação Vôlei Renata

FIAT/MINAS É O PRIMEIRO FINALISTA DA COPA DO BRASIL 2022

O Fiat/Minas é finalista da Copa do Brasil de vôlei masculino pela terceira vez na história. Neste ano, jogando na cidade de Blumenau, em Santa Catarina, o Minas bateu o Vôlei Guarulhos, pelas semifinais da competição. O placar final do confronto ficou em 3×1, a favor do Minas, com parciais de 25/19, 25/12, 21/25, 25/22. O oposto Vissoto do Minas liderou sua equipe na vitória, sendo o maior pontuador do jogo. Ele marcou 22 pontos. Com o resultado, o Minas aguarda o resultado da partida entre Cruzeiro e Vôlei Renata para conhecer o seu adversário na decisão do título.

O Fiat/Minas busca seu primeiro título da Copa do Brasil/Divulgação MTC/Orlando Bento

AS QUARTAS-DE-FINAL DA COPA DO BRASIL MASCULINA 2022

Foram definidos os confrontos da fase semifinal da Copa do Brasil masculina de vôlei 2022. O Fiat/Minas, líder invicto da Superliga Masculina 2021/2022, passou pelo Funvic/Natal, e agora enfrenta o Vôlei Guarulhos, que eliminou o Sesi/SP. Já o Sada/Cruzeiro, após superar o São José, por W.O, em virtude da COVID, duela com o Vôlei Renata, que eliminou o Apan/Blumenau.

As duas partidas das semifinais estão previstas para ocorrer no dia 27 de Janeiro, em Blumenau, no estado de Santa Catarina, com transmissão do SPORTV 2. Confira abaixo os detalhes das quartas-de-final da Copa do Brasil masculina 2022.

MINAS x NATAL

Jogando na Arena Minas, em Belo Horizonte, o Funvic/Natal surpreendeu o Minas, mas não conseguiu sustentar o seu jogo nos momentos decisivos. Após vencer a primeira parcial, foi superado de virada, por 3×1, com parciais de 23/25, 25/15, 25/21, 25/21. O oposto Leandro Vissoto do Minas foi o maior pontuador do confronto, com 22 pontos.

Ao final do jogo, ele comentou sobre a partida, em entrevista para a imprensa. “A gente sabia que seria um jogo difícil, porque o time deles tem qualidade. Não é porque eles estavam em oitavo na tabela da Superliga que seria um jogo fácil. Eles sacaram bem demais, nos colocaram em dificuldade. Foi o nosso primeiro jogo depois da folga de fim de ano. Sentimos a falta de ritmo”.

O oposto Vissoto foi a bola de segurança do Minas/Divulgação MTC/Orlando Bento

VÔLEI RENATA x APAN/BLUMENAU

Liderado pelos centrais, o Vôlei Renata/Campinas fez a sua melhor partida na temporada no duelo contra o Apan/Blumenau. Consistente, mesmo sem o oposto Evandro, o time de Marcos Pacheco se impôs, conquistando uma vitória por 3×0, com parciais de 25/17, 25/20, 25/21. O central Lucão do Campinas foi o maior pontuador do jogo, com 13 pontos.

Após a conquista da classificação, ele falou com a imprensa sobre a vitória. “Hoje foi uma necessidade, infelizmente o Evandro sentiu o cotovelo, está com bastante dor. Em termos de número acho que nem cheguei a 50% de aproveitamento na virada de bola. Fiquei muito tempo parado. Após a parada de fim de ano, fiquei 10 dias afastado (por causa do covid). Se tivermos uma boa semana de treino e descanso, acho que chegamos na semifinal da Copa Brasil com chances de vencer”.

O central Lucão foi acionado da linha de três, por causa da ausência do oposto Evandro/Divulgação Vôlei Renata

SESI/SP X VÔLEI GUARULHOS

No confronto mais equilibrado dessa fase da Copa do Brasil, a vaga para as semifinais foi decidida apenas no tie-break. Com uma vitória por 3×2, o Vôlei Guarulhos eliminou o Sesi/SP, com parciais de 19/25, 25/18, 25/20, 21/25, 15/11. O oposto Franco do Guarulhos foi o maior pontuador da partida, com 31 pontos. Pelo Sesi, Birigui marcou 24 pontos.

Ao final do confronto, Franco falou sobre o jogo, em entrevista para a imprensa. “Dois sentimentos: muito feliz e morto. O time deles também, mas a gente merecia muito essa vitória, treinamos muito forte depois das festas de fim de ano. A gente sabe da qualidade do Minas, não teve nenhuma derrota até agora, um time montado para ser campeão, mas vamos agora descansar e vamos estudar. Acredito que dá para fazer um bom jogo contra eles”.

CRUZEIRO x SÃO JOSÉ

O Cruzeiro conquistou a vaga por W.O em virtude da pandemia do COVID-19. Às vésperas do jogo, um surto no time de São José dos Campos impediu que o jogo fosse realizado.

OS CONFRONTOS DA COPA DO BRASIL MASCULINA 2022

O Sada/Cruzeiro é o atual campeão da Copa do Brasil/William Lucas/Inovafoto/CBV

Com a vitória do Farma Conde/São José dos Campos contra o Sesi/SP, por 3×0, foram definidos os confrontos da Copa do Brasil masculina de vôlei 2022. O time do interior de São Paulo, 7º colocado do turno da Superliga Masculina 2022, enfrenta o Sada/Cruzeiro, 2º colocado da competição. Já o Sesi/SP, 4º colocado, terá pela frente o confronto teoricamente mais equilibrado da Copa do Brasil 2022, contra o Vôlei Guarulhos.

Já os outros dois jogos das quartas-de-final da competição, acontecem entre o Fiat/Minas, líder da fase regular da Superliga Masculina, contra o 8º colocado do turno do torneio, Funvic/Natal. O outro duelo da Copa do Brasil 2022, ocorre entre o Vôlei Renata/Campinas, 3º colocado da Superliga Masculina, versus o Apan/Blumenau, 6º colocado.

Os quatro primeiros colocados do turno da Superliga Masculina terão o mando de quadra nos confrontos de quartas-de-final. As finais da Copa do Brasil de vôlei 2022, nos dois naipes, estão previstas para acontecer em Santa Catarina, na cidade de Blumenau, no fim do mês de Janeiro, a partir do dia 27, com transmissão do SPORTV. Confira abaixo a tabela das quartas-de-final do torneio.

COPA DO BRASIL MASCULINA 2022

19/01 19:00 Fiat/Minas x Funvic/Natal SPORTV 2

19/01 21:30 Vôlei Renata x Apan/Blumenau SPORTV 2

20/01 19:00 Sesi/SP x Vôlei Guarulhos Canal Vôlei Brasil

20/01 20:30 Sada/Cruzeiro x Farma Conde/São José Canal Vôlei Brasil