TAUBATÉ CONQUISTA O HEXACAMPEONATO PAULISTA

Na noite de quinta-feira, 31 de Outubro, o EMS/Funvic/Taubaté conquistou o troféu do Campeonato Paulista pela 6ª vez consecutiva. Anteriormente, o Taubaté foi campeão estadual em 2014, 2015, 2016, 2017 e 2018. Em 2019, na grande final, o time do Vale do Paraíba de São Paulo derrotou o Vôlei Renata/Campinas no tie-break, com parciais 23/25, 25/22, 25/17, 21/25, 15/13. Com o resultado, o título paulista foi decidido no golden set. Nele, o Taubaté confirmou a vitória do jogo 2 e bateu o Campinas, novamente, dessa vez, por 25/22, sagrando-se campeão.

COMO ERA O PAULISTA ANTES DO TAUBATÉ

Com decisão marcada para esta quinta-feira, 31 de Outubro, o Campeonato Paulista masculino de vôlei é dominado pelo Taubaté há cinco temporadas. Desde 2014, a equipe do interior paulista sempre termina o estadual com o troféu de campeão nas mãos. Foram 5 títulos consecutivos. Quase sempre, tendo como adversário o Sesi/SP. Em 2019, a final é contra o Vôlei Renata. No primeiro jogo, em Taubaté, melhor para o time de Campinas, por 3×2.

Mas como era o Paulista anteriormente? Antes de perder a hegemonia estadual para o Taubaté, o Sesi/SP dominava o cenário. Em 5 anos, foram 4 títulos, entre 2009 e 2013. Por três vezes, o adversário da vez foi justamente o Campinas, em 2011, 2012 e 2013. Em uma das finais, após as Olimpíadas de Londres, em 2012, teve jogo com violência e pancadaria. Fato é que, mesmo em um passado longínquo, Campinas nunca conquistou o estadual.

A pancadaria do jogo 1 da final de 2012

Contra o Taubaté, jogando em casa, nessa quinta, o Campinas terá a chance de quebrar duas escritas. Caso seja campeão, o Vôlei Renata irá levantar o caneco pela 1ª vez na história, encerrando a sequência de títulos do Taubaté no estadual. A tarefa não será fácil, porém com a vitória no 1º jogo, o Campinas precisa vencer novamente. Em caso de derrota, o título será decidido no golden set.

Os pontos finais do jogo 3 da decisão de 2012