ISAC PEDE DISPENSA DA SELEÇÃO MASCULINA

Na última sexta-feira, 5 de Agosto, o central Isac pediu dispensa da seleção brasileira masculina de vôlei. Segundo a assessoria da CBV, um problema antigo na coluna do jogador, tirou Isac do Campeonato Mundial 2022. A decisão em pedir dispensa foi feita em comum acordo com a comissão técnica do Brasil, de acordo com a CBV. Em seu lugar, o técnico Renan Dal Zotto convocou o jovem central Léo do Sesi/SP.

Em entrevista para a CBV, Isac falou sobre o pedido de dispensa. “É um momento difícil, mas foi uma decisão racional, tomada em conjunto com a comissão técnica. Já trato esse problema na coluna há algum tempo, e agora senti mais dificuldade para dar meu 100%. Claro que eu gostaria de disputar o Mundial, defender a seleção brasileira nesta competição tão importante. Mas é hora de pensar na minha saúde. Quero focar no tratamento e me recuperar para voltar com tudo”.

O central Isac disputará a Liga Italiana, na temporada 2022/2023/Divulgação CBV

Fonte: CBV

ZÉ ROBERTO GUIMARÃES CONVOCA PARA O MUNDIAL 2022

Durante essa semana, mais precisamente, na segunda-feira, 1º de Agosto, o técnico da seleção brasileira feminina de vôlei, José Roberto Guimarães, anunciou a convocação para o Mundial 2022. Uma das novidades da lista é o retorno da central Carol Gattaz, vice-campeã olímpica nos Jogos de Tóquio, no ano passado. A volta de Carol Gattaz à seleção é uma aposta do técnico José Roberto Guimarães na experiência. Apesar de promover um processo de renovação, o tricampeão olímpico percebeu que para disputar o Mundial 2022 seria necessário um reforço na posição de central.

A nota negativa fica por conta do pedido de dispensa da jovem ponteira Ana Cristina. Logo depois da divulgação da lista de convocadas, o empresário da atleta fez o pedido de dispensa para a CBV e o técnico José Roberto Guimarães, alegando problemas pessoais. Segundo fontes da imprensa, a comissão técnica do Brasil foi pega de supresa. O fato é que Ana Cristina pode ter fechado as portas na seleção brasileira, há dois anos dos Jogos de Paris. Foi dito nas redes sociais que seu empresário pretende priorizar a carreira dela nos clubes.

O Mundial 2022 está previsto para acontecer entre os 23 de Setembro e 15 de Outubro, na Holanda e Polônia. O Brasil está no grupo D ao lado de China, Japão, Colômbia, Argentina e República Checa. A estreia brasileira no torneio ocorre contra as checas, no sábado, 24 de Setembro, às 15h30 da tarde, hora de Brasília. Confira abaixo, a lista completa de convocadas por José Roberto Guimarães.

Levantadoras: Macris e Roberta

Opostas: Kisy, Lorenne, Lorrayna

Pontas/Opostas: Rosamaria e Tainara

Ponteiras: Gabi, Pri Daroit

Centrais: Carol, Carol Gattaz, Júlia Kudiess e Lorena

Líberos: Natinha e Nyeme

A central Carol Gattaz reforça o Brasil no Mundial 2022. Ela é a jogadora brasileira mais velha na história, a subir no pódio olímpico/Divulgação FIVB

RENAN DAL ZOTTO CONVOCA PARA O MUNDIAL 2022

Na semana passada, na terça-feira, 26 de Julho, o técnico da seleção brasileira masculina de vôlei, Renan Dal Zotto, anunciou a convocação para o Mundial 2022. Uma das novidades da lista foi o retorno do oposto Wallace, que havia se aposentado da seleção. A volta do campeão olímpico na Rio 2016 somente aconteceu após contusão de três jogadores da posição.

A lista completa para o Mundial conta com 15 nomes. Entre eles, a outra novidade é o oposto Felipe Roque, que também retorna à seleção brasileira, após contusão. No total, somente 14 atletas disputarão o Mundial 2022. Portanto, o técnico Renal Dal Zotto realizará um corte até o embarque para a competição.

O Mundial 2022 está previsto para ocorrer entre os dias 26 de Agosto e 11 de Setembro, na Polônia e Eslovênia. O Brasil está no grupo B ao lado de Cuba, Japão e Catar. A estreia brasileira acontece na abertura do torneio, contra Cuba, no dia 26 de Agosto, às 6h da manhã, hora de Brasília. Confira abaixo, a lista completa de convocados por Renan Dal Zotto.

Levantadores: Bruninho e Cachopa

Opostos: Wallace, Felipe Roque e Darlan

Ponteiros: Leal, Lucarelli, Adriano e Rodriguinho

Centrais: Flávio, Isac, Lucão e Aracaju

Líberos: Maique e Thales

O oposto Wallace, durante os Jogos de Tóquio, no ano passado/Gaspar Nóbrega/COB

O RANKING ATUALIZADO DA FIVB

Com o encerramento da Liga das Nações e da Copa Challenger, o blog apresenta um panorama da situação atual do ranking internacional da FIVB. Desde 2020, o ranking mudou. Agora, cada resultado de partidas de torneios da FIVB contam para o novo ranking, de acordo com o peso das competições e das seleções. É bom ressaltar a importância do ranking na modalidade. É por ele que os grupos do Mundial e das Olimpíadas são divididos.

Masculino

Com o fracasso na Liga das Nações 2022 e uma derrota inesperada para a China, na fase regular da competição, o Brasil perdeu a liderança do ranking internacional. Mesmo com a conquista inédita do torneio, a França não assumiu a ponta do ranking. Quem lidera atualmente, é a seleção da Polônia, atual bicampeã mundial. Veja abaixo, os dez primeiros do ranking internacional no vôlei masculino.

1 🇵🇱 Polônia – 385 pontos

2 🇫🇷 França – 373 pontos

3 🇧🇷 Brasil – 360 pontos

4 🇷🇺 Russia – 352 pontos

5 🇺🇸 EUA – 340 pontos

6 🇮🇹 Itália – 332 pontos

7 🇦🇷 Argentina – 280 pontos

8 🇮🇷 Irã – 278 pontos

9 🇯🇵 Japão – 273 pontos

10 🇸🇮 Eslovênia – 259 pontos

A Polônia ficou em 3º lugar na VNL 22, mas assumiu a liderança do ranking internacional/Volleyball World/Divulgação FIVB

Feminino

Já no naipe feminino, ao contrário do Brasil no masculino, mesmo com a eliminação nas quartas-de-final da VNL, os Estados Unidos conseguiram manter a liderança no ranking. Quem mais subiu, foi justamente a campeã da temporada, a Itália. Quem mais caiu, entre os dez primeiros, foi a seleção da Turquia. O Brasil também subiu, para o 2º lugar, a 20 pontos dos Estados Unidos. Veja abaixo, os dez primeiros do ranking do vôlei feminino.

1 🇺🇸 EUA – 392 pontos

2 🇧🇷 Brasil – 372 pontos

3 🇮🇹 Itália – 367 pontos

4 🇨🇳 China – 338 pontos

5 🇷🇸 Sérvia – 325 pontos

6 🇹🇷 Turquia – 310 pontos

7 🇯🇵 Japão – 287 pontos

8 🇷🇺 Rússia – 278 pontos

9 🇩🇴 Rep. Dominicana – 267 pontos

10 🇳🇱 Holanda – 250 pontos

A seleção brasileira feminina perdeu a final da VNL 22, mas subiu uma posição no ranking internacional/Volleyball World/Divulgação FIVB

Fonte: FIVB

MUNDIAL 2022 – atualização e novidades

A Federação Internacional de Vôlei (FIVB) divulgou a tabela do Campeonato Mundial masculino 2022, no último dia 5 de julho. A competição estava prevista para acontecer na Rússia, mas foi cancelada em virtude da guerra na Ucrânia. As novas sedes do torneio serão a Polônia e a Eslovênia. O Brasil está no grupo B, ao lado de Japão, Cuba e Catar. A estreia da seleção brasileira masculina ocorre no dia 26 de agosto contra Cuba, às 6h da manhã, na Eslovênia, no primeiro jogo do Mundial 2022. A grande final está marcada para o dia 11 de setembro, em Katowice, na Polônia. Confira abaixo, a tabela do grupo do Brasil.

Grupo B

1ª rodada

26/08 06:00 Brasil 🇧🇷 x 🇨🇺 Cuba

26/08 09:00 Japão 🇯🇵 x 🇶🇦Catar

2ª rodada

28/08 06:00 Cuba 🇨🇺 x 🇶🇦 Catar

28/08 09:00 Brasil 🇧🇷 x 🇯🇵 Japão

3ª rodada

30/08 06:00 Brasil 🇧🇷 x 🇶🇦 Catar

30/08 09:00 Japão 🇯🇵 x 🇨🇺 Cuba

No link abaixo, você acessa a tabela completa do Mundial masculino 2022.

https://en.volleyballworld.com/volleyball/competitions/men-world-championship-2022/schedule/

A Polônia é a atual bicampeã mundial/Divulgação FIVB

UCRÂNIA SUBSTITUI RÚSSIA NO MUNDIAL MASCULINO

No último dia 15 de Abril, a Federação Internacional de Vôlei (FIVB) confirmou a substituição da Rússia pela Ucrânia no Mundial masculino 2022. O motivo para a troca das seleções foi a guerra na Ucrânia. Como noticiado anteriormente, a Rússia perdeu o direito de sediar o Mundial 2022, após a invasão ao país vizinho. O critério utilizado para a substituição foi o ranking da FIVB. Vigésima terceira colocada, a Ucrânia ficou com a vaga da Rússia por uma coincidência. Recentemente, a FIVB também anunciou que além de Polônia e Eslovênia, o Mundial masculino 2022 terá mais duas sedes. Segundo a imprensa europeia, os países mais cotados são a França e a Itália. Em breve, uma nova tabela da competição também deverá ser divulgada.

A seleção ucraniana disputou o último campeonato europeu/Divulgação CEV

MUNDIAL 2022 – atualização e novidades sobre a competição

A Federação Internacional de Vôlei (FIVB) divulgou a tabela do Campeonato Mundial feminino 2022, no último dia 12 de Abril. A competição está prevista para acontecer entre os dias 23 de Setembro e 15 de Outubro, na Holanda e Polônia. O Brasil está no grupo D, ao lado de China, Argentina, Colômbia, Japão e República Tcheca. A estreia da seleção brasileira feminina ocorre no dia 24 de Setembro contra a República Tcheca, às 15h30.

Já a abertura do torneio acontece um dia antes, com rodada dupla dos países sede. A Polônia enfrenta a Croácia e a Holanda joga contra o Quênia. Na 1ª fase, 24 seleções estão divididas em 4 grupos, com 6 seleções cada. Os quatro primeiros de cada grupo avançam para 2ª fase. Confira abaixo a tabela do grupo do Brasil.

Grupo D

1ª rodada

24/9 15:30 BRASIL 🇧🇷 x 🇨🇿 REP. TCHECA

25/9 9:00 CHINA 🇨🇳 X 🇦🇷 ARGENTINA

25/9 9:15 JAPÃO 🇯🇵 X 🇨🇴 COLÔMBIA

2ª rodada

26/9 9:15 JAPÃO 🇯🇵 X 🇨🇿 REP. TCHECA

26/9 13:30 BRASIL 🇧🇷 X 🇦🇷 ARGENTINA

27/9 9:00 CHINA 🇨🇳 X 🇨🇴 COLÔMBIA

3ª rodada

28/9 9:15 CHINA 🇨🇳 X 🇯🇵 JAPÃO

28/9 10:00 BRASIL 🇧🇷 X 🇨🇴 COLÔMBIA

28/9 13:00 ARGENTINA 🇦🇷 X 🇨🇿 REP. TCHECA

4ª rodada

30/9 9:00 CHINA 🇨🇳 x 🇨🇿 REP. TCHECA

30/9 9:15 BRASIL 🇧🇷 X 🇯🇵 JAPÃO

30/9 13:00 COLÔMBIA 🇨🇴 X 🇦🇷 ARGENTINA

5ª rodada

01/10 9:00 BRASIL 🇧🇷 X 🇨🇳 CHINA

01/10 13:00 COLÔMBIA 🇨🇴 X 🇨🇿 REP. TCHECA

02/10 9:15 JAPÃO 🇯🇵 X 🇦🇷 ARGENTINA

A Sérvia é a atual campeã mundial/Divulgação FIVB

MUNDIAL MASCULINO

Como noticiado anteriormente, o Mundial masculino 2022 mudou de sede em virtude da guerra na Ucrânia. Previsto para ocorrer na Rússia, o Mundial agora terá como sede a Polônia e a Eslovênia. A FIVB deve divulgar em breve uma nova tabela do torneio. A princípio, as datas do torneio permanecem iguais, com a competição acontecendo entre os dias 25 de Agosto e 11 de Setembro. Ainda não está definido, quem ficará com a vaga da Rússia, banida pela guerra na Ucrânia.

Fonte: FIVB

FIVB ALTERA FORMATO DO MUNDIAL 2022

Durante esta semana, a Federação Internacional de Voleibol (FIVB) anunciou uma alteração no formato de disputa do Campeonato Mundial masculino 2022. Prevista para acontecer na Rússia, a competição teve sua sede modificada, em virtude da guerra na Ucrânia. Com a mudança, a FIVB pretende organizar o torneio em vários países da Europa. Para facilitar a organização, a 2ª fase do Mundial masculino 2022 será eliminatória. Anteriormente, a 2ª fase da competição seria disputada com 4 grupos, com 4 seleções. Após a divulgação da modificação, a FIVB anuncia no próximo dia 14 de Março as novas sedes do Mundial masculino 2022.

O Foro Itálico foi palco da estreia do Mundial de 2018/Divulgação FIVB

FIVB CANCELA MUNDIAL NA RÚSSIA

Durante o Carnaval, a Federação Internacional de Vôlei (FIVB) anunciou o cancelamento do Mundial na Rússia. O motivo para tal atitude foi a guerra na Ucrânia. Além disso, a FIVB também suspendeu atletas, clubes e seleção russa de qualquer competição internacional, de forma temporária. Anteriormente, a FIVB também já havia cancelado duas etapas da Liga das Nações 2022 previstas para acontecer em solo russo, em virtude da guerra. As medidas foram tomadas após recomendação do Comitê Olímpico Internacional (COI).

Atual bicampeã mundial, a Polônia se ofereceu para receber o Mundial masculino de vôlei 2022/Divulgação FIVB