A 1ª RODADA DA SUPERLIGA FEMININA 2022/2023

Teve início a temporada 2022/2023 da Superliga Feminina. A rodada inaugural da competição aconteceu entre a última sexta-feira, 28 de Outubro, e a terça-feira, 1º de Novembro. Logo na abertura da temporada, o maior clássico do voleibol nacional ocorreu no Rio de Janeiro, entre Sesc/Flamengo e Osasco. Além desse jogo, outras cinco partidas complementaram a 1ª rodada da Superliga Feminina 2022/2023. Confira abaixo, o panorama da rodada inaugural da competição.

1ª RODADA

Na sexta-feira, 28 de Outubro, no ginásio do Hebraica, no Rio de Janeiro, o Fluminense estreou com vitória de virada na Superliga Feminina 2022/2023. Após perder a primeira parcial para o Barueri, time de José Roberto Guimarães, o Fluminense virou o jogo para 3×1, com parciais de 23/25, 25/19, 25/21, 25/16. Mesmo com o revés, Maiara Basso do Barueri foi a maior pontuadora do confronto, com 25 pontos. A ponteira Gabi Cândido do Fluminense ficou com o troféu Viva Vôlei de melhor jogadora da partida.

Na mesma sexta-feira, 28 de Outubro, também no Rio de Janeiro, mas no ginásio da Tijuca, o Sesc/Flamengo recebeu o Osasco, na abertura da temporada da Superliga Feminina 2022/2023. Depois de abrir 2×0 no placar, o rubro-negro permitiu a virada de Osasco. O placar final do confronto ficou em 3×2, a favor do Osasco, com parciais de 20/25, 21/25, 25/22, 25/18, 15/8. A oposta Tifanny saiu de quadra como a maior pontuadora da partida, com 27 pontos, sendo 25 somente no ataque. Ela ainda foi eleita a melhor jogadora em quadra.

A oposta Tifanny do Osasco liderou a virada de sua equipe sobre o Flamengo/Divulgação Flamengo/Paula Reis

Já na segunda-feira, 31 de Outubro, pós-eleições, uma terceira virada aconteceu na rodada, dessa vez, com o Praia Clube. Jogando em Brasília, contra o time da casa, o Praia venceu a partida somente no tie-break, com parciais de 17/25, 26/28, 25/22, 25/19, 15/10. Mesmo com a derrota, a oposta Arianne do Brasília foi a maior pontuadora do duelo com o Praia, com 21 pontos. A ponteira holandesa Anne do Praia foi eleita a melhor jogadora em quadra.

Na terça-feira, 1º de Novembro, três jogos completaram a 1ª rodada da Superliga Feminina 2022/2023. Em Belo Horizonte, na Arena Uni-BH, o Minas, atual campeão da competição, derrotou o Brusque, por 3×0, com parciais de 25/18, 25/17, 25/20. A central Thaísa foi a maior pontuadora do jogo, com 12 pontos. Em São Paulo, no ginásio Villaboin, o Pinheiros bateu o São Caetano, também por 3×0, com parciais de 25/21, 25/10, 25/20. A oposta Edinara do Pinheiros foi a maior pontuadora da partida, com 16 pontos.

A ponteira Luiza Vicente do Minas ganhou o troféu Viva Vôlei da partida com o Brusque/Orlando Bento/MTC

Já em Bauru, em seu novo ginásio, o Sesi/Bauru foi supreendido pelo Unilife Maringá. O time de Dani Lins até esboçou uma reação, mas acabou derrotado pela equipe paranaense, por 3×2, com parciais de 25/23, 25/16, 15/25, 17/25, 15/11. A ponteira Valdez do Maringá foi eleita a melhor jogadora da partida.

FONTE: CBV

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s