BRASIL CONQUISTA O BRONZE DO MUNDIAL 2022

O Brasil conquistou a medalha de bronze do Mundial masculino de vôlei 2022. Foi a primeira vez na história da competição que os brasileiros venceram uma disputa de 3º lugar. Anteriormente, o Brasil perdeu a medalha de bronze do Mundial nas edições de 1986, 1990 e 1998. Neste ano, jogando contra a Eslovênia, em Katowice, na Polônia, os brasileiros ganharam a disputa do 3º lugar pelo placar de 3×1, com parciais de 25/18, 25/18, 22/25, 25/18. Com o resultado, o Brasil igualou o recorde de pódios consecutivos no Mundial da extinta União Soviética, com 6 medalhas consecutivas: ouro em 2002, 2006 e 2010, prata em 2014 e 2018, bronze em 2022.

Com a conquista do bronze no Mundial 2022, o Brasil se manteve entre os quatro primeiros colocados do ranking da FIVB/Divulgação FIVB

NÚMEROS

Apesar de um apagão na terceira parcial, os brasileiros fizeram a sua melhor partida no Mundial 2022 nos fundamentos saque e bloqueio. Ao todo, o Brasil marcou 8 pontos diretos no serviço e 13 de bloqueio contra 5 pontos de saque e apenas 4 de bloqueio da Eslovênia. Além disso, ao contrário da semifinal de ontem contra a Polônia, os atacantes das extremidades do Brasil foram decisivos. Juntos, Adriano, Leal e Wallace marcaram 41 pontos de ataque dos 50 pontos totais feitos pelo Brasil no fundamento. Para se ter uma ideia, Wallace foi o maior pontuador do confronto, com 22 pontos, sendo 19 no ataque. Em números de erros, as duas seleções praticamente empataram, com vantagem para o Brasil 25×26.

🇧🇷 BRASIL Cachopa (0), Wallace (22), Leal (19), Rodriguinho (0), Lucão (12), Flávio (7), Thales (L). Entraram: Bruninho (4), Adriano (7), Felipe Roque (0), Darlan (0), Maique (0). Técnico: Renan Dal Zotto

🇸🇮 ESLOVÊNIA Vincic (3), Stern (17), Cebulj (14), Urnaut (7), Pajenk (7), Kozamernik (4), Kovacic (L). Entraram: Mozic (2), Ropret (0). Técnico: Gheorghe Cretu

O oposto Wallace teve quase 50% de aproveitamento no ataque, na disputa de bronze com a Eslovênia/Divulgação FIVB

PÓS – JOGO

Ao final do jogo, o levantador Bruninho comemorou a conquista da medalha de bronze em entrevista para FIVB. “Significa muito ter mais uma medalha. Acho que é a sexta seguida! Com certeza queríamos mais, mas estamos muito orgulhosos, porque tivemos muitos problemas físicos durante todo esse campeonato e todo esse ano, mas nunca paramos de lutar. Então é isso. É uma medalha de bronze que temos que comemorar, valorizar e nos orgulhar”.

O levantador Bruninho saiu do banco para ajudar o Brasil a ganhar o bronze/Divulgação FIVB

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s