SADA/CRUZEIRO É HEPTACAMPEÃO DA SUPERLIGA MASCULINA

O time do Sada/Cruzeiro conquistou novamente a Superliga Masculina/Divulgação CBV/Eliezer Esportes/MTC/Agenciai7

O Sada/Cruzeiro conquistou a Superliga Masculina 2021/2022. Foi o sétimo título do time celeste na história da competição. Anteriormente, o Cruzeiro foi campeão da Superliga Masculina nas temporadas 2011/2012, 2013/2014, 2014/2015, 2015/2016, 2016/2017, 2017/2018. Na atual temporada, jogando em Uberlândia, no ginásio Sabiazinho, pelo terceiro jogo da série final, o Cruzeiro bateu o Minas, sagrando-se campeão. O placar final do confronto ficou em 3×0, com parciais de 25/20, 36/34, 25/20.

O ponteiro Rodriguinho do Cruzeiro foi o destaque da partida final da temporada. Ele foi eleito o melhor jogador em quadra. Como premiação, Rodriguinho recebeu o troféu Viva Vôlei. Em entrevista após o jogo, ele comentou sobre a conquista cruzeirense.

“Este título é muito importante, ganhamos alguns títulos este ano, mas este é o mais longo da temporada, e para nos mantermos no nosso melhor é muito difícil. Esta série final foi muito equilibrada e precisamos nos superar. Eu sou hoje um jogador que aprendeu com outros que passaram aqui, como o próprio Filipe, e me considero uma peça que tem a cara deste time”.

Rodriguinho recebendo o troféu Viva Vôlei/Divulgação CBV/Eliezer Esportes/MTC/Agenciai7

NÚMEROS DA DECISÃO

Mesmo com o revés, o oposto Vissoto do Minas foi o maior pontuador da grande final, com 21 pontos. Ele ainda esteve com um rendimento abaixo, em comparação com a segunda partida da série melhor de três. Pelo Cruzeiro, o ponteiro Rodriguinho, melhor jogador da decisão, marcou 16 pontos.

FIAT/MINAS William, Vissotto, Honorato, Leozinho, Kelvi, Pinta, Maique (L). Entraram: Everaldo, Juninho, Arthur Bento e Sanchez. Técnico: Nery Tambeiro

SADA/CRUZEIRO Cachopa, Wallace, Rodriguinho, López, Otávio, Isac, Lukinha (L). Entraram: Rech, Pingo, Resley. Técnico: Filipe Ferraz

SELEÇÃO DA SUPERLIGA MASCULINA 2021/2022

MVP – López (Sada/Cruzeiro)

Craque da Galera – Franco (Vôlei Guarulhos)

Levantador – William (Fiat/Minas)

Oposto – Franco (Vôlei Guarulhos)

Ponteiros – López (Sada/Cruzeiro) e Honorato (Fiat/Minas)

Centrais – Isac (Sada/Cruzeiro) e Pinta (Fiat/Minas)

Líbero – Maique (Fiat/Minas)

Técnico – Filipe Ferraz (Sada/Cruzeiro)

O cubano López do Cruzeiro foi eleito MVP da temporada/Divulgação CBV/Eliezer Esportes/MTC/Agênciai7

A CAMPANHA DO TÍTULO

Fase regular

22 jogos, 20 vitórias e 2 derrotas, 59 pontos, 2º lugar geral

Playoffs

23/03 Cruzeiro 3×0 São José dos Campos

30/03 São José dos Campos 0x3 Cruzeiro

Semifinais

09/04 Cruzeiro 3×2 Sesi/SP

15/04 Sesi/SP 0x3 Cruzeiro

Finais

23/04 Cruzeiro 3×2 Minas

01/05 Minas 3×2 Cruzeiro

08/05 Minas 0x3 Cruzeiro

O Sada/Cruzeiro no pódio/Divulgação CBV/Eliezer Esportes/MTC/Agenciai7

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s