RETROSPECTIVA 2021

Em 2021, mesmo com a pandemia em curso, seja na temporada de clubes ou na temporada internacional, o voleibol teve um ano movimentado. Além da retomada do calendário tradicional, 2021 foi ano dos Jogos Olímpicos de Tóquio. E como o fim de ano é propício, é chegado o momento de rever o que aconteceu de importante nas competições em 2021.

COPA DO BRASIL

Devido ao COVID-19, em fevereiro de 2021, as finais da Copa do Brasil foram realizadas no Centro de Desenvolvimento do Vôlei (CDV), em Saquarema. Na versão masculina, o campeão da vez foi o Sada/Cruzeiro. Na final bateu o extinto Funvic/Taubaté, por 3×2. Foi o sexto título cruzeirense na história da competição. Já no feminino, o Minas conquistou o bicampeonato consecutivo da Copa do Brasil, após derrotar o Praia, nas finais, por 3×2.

SUPERLIGA 2020/2021

Também devido ao COVID-19, as finais da Superliga 2020/2021 foram disputadas em Saquarema, no CDV, nos dois naipes. Assim como na última edição com campeões, na temporada 2018/2019, Minas e Taubaté venceram a competição, no feminino e masculino, respectivamente. Entre as mulheres, na decisão do título, o Minas bateu o Praia. Foi o terceiro título do Minas na história da Superliga Feminina. Entre os homens, na decisão do título, o Taubaté superou o Minas. Foi o segundo título de Taubaté na história da Superliga Masculina.

LIGA DAS NAÇÕES 2021

Disputada em uma bolha, em Rimini na Itália, também devido ao COVID-19, a Liga das Nações serviu de preparação para os Jogos Olímpicos de Tóquio. Pela 1ª vez, a seleção brasileira masculina conquistou a competição. Na grande final, bateu a Polônia por 3×1. Na versão feminina, o Brasil foi vice mais uma vez. Assim como em 2019, foi derrotado pelos Estados Unidos, que conquistou o terceiro título consecutivo da competição.

O Brasil conquistou a Liga das Nações 2021/Divulgação FIVB

OLIMPÍADA DE TÓQUIO 2020

Depois de muitas incertezas e até um certo suspense, os Jogos Olímpicos de Tóquio foram realizados, em meio a pandemia, infelizmente, sem público. Ao contrário da Liga das Nações 2021, a seleção brasileira feminina obteve melhor desempenho que a seleção brasileira masculina. De forma surpreendente, chegou na final dos Jogos, conquistando a medalha de prata, após derrota para os Estados Unidos, por 3×0. Já na versão masculina, os brasileiros encerraram a competição, em um decepcionante 4º lugar, após derrota para os argentinos por 3×2, na disputa da medalha de bronze.

O Brasil foi prata em Tóquio no vôlei feminino/Divulgação FIVB

CAMPEONATO SUL-AMERICANO

Após o fim dos Jogos de Tóquio, seguindo o calendário do próximo ciclo olímpico, foi disputado o Campeonato Sul-Americano, nas categorias feminina e masculina. Entre os homens, a disputa aconteceu em Brasília, capital federal. O Brasil manteve a hegemonia na competição, conquistando mais um título e a classificação para o Campeonato Mundial 2022. Entre as mulheres, o Brasil também foi campeão sul-americano, conquistando classificação para o Mundial de 2022, mesmo após derrota para a Colômbia, por 3×1.

CAMPEONATOS ESTADUAIS

Encerrado os Jogos Olímpicos de Tóquio, a temporada nacional de clubes foi aberta com a disputa dos Campeonatos Estaduais. Entre as mulheres, na competição mais disputada, o Osasco venceu o paulista superando o Barueri nas finais. Em Minas Gerais, deu Praia, após anos de domínio do Minas. No Rio de Janeiro, o Fluminense até ameaçou fazer frente ao Flamengo de Bernardinho. Mas no fim, deu a lógica, com mais um título para o rubro-negro. Entre os homens, na disputa do Paulista, o Vôlei Renata/Campinas conquistou o bicampeonato. Em Minas, em mais uma final entre Cruzeiro e Minas, melhor para o time celeste, em sua 12ª conquista consecutiva.

SUPERCOPA

Na abertura da temporada da Superliga 2021/2022, pela Supercopa, o Praia conquistou o segundo título do ano, mais uma vez batendo o Minas, no naipe feminino. Já no naipe masculino, o Cruzeiro bateu o Funvic/Natal, também em sua segunda conquista na temporada 2021/2022.

SUL-AMERICANO DE CLUBES

A versão masculina do Sul-Americano, prevista para ocorrer em Belo Horizonte, na Arena Minas, foi cancelada. Já a versão feminina, aconteceu em Brasília, com a participação de 5 equipes. Em mais um duelo pelos títulos da temporada 2021/2022, o Praia bateu o Minas, no ginásio Taquatinga, na capital federal, por 3×2. Foi o primeiro título do Praia na história da competição.

MUNDIAL DE CLUBES

Neste último mês de Dezembro, foi disputado na cidade de Betim, Minas Gerais, o Mundial de Clubes 2021. Depois de um hiato de 2 anos, devido a pandemia, a competição voltou com tudo. Jogando em casa, o Cruzeiro foi tetracampeão mundial, desbancando dois poderosos times italianos. Já na versão feminina, disputada em Ancara, na Turquia, os representantes brasileiros na competição, Minas e Praia, ficaram fora do pódio. O título foi conquistado pelo Vakifbank da Turquia, clube onde joga a ponteira vice-campeã olímpica em Tóquio, Gabi.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s