ITÁLIA E SÉRVIA NA DECISÃO DO EUROPEU 2021

Itália e Sérvia decidem o título do Campeonato Europeu feminino de vôlei 2021. O confronto reedita a final do Mundial 2018. Naquela oportunidade, a Sérvia sagrou-se campeã mundial pela 1ª vez, com uma vitória, por 3×2. Por sua vez, em 2007, italianas e sérvias também disputaram a final do Europeu. Dessa vez, com vitória da Itália, por 3×0.

Para a Sérvia, a conquista do Europeu 2021, significa igualar a marca russa de três títulos europeus consecutivos (1997, 1999, 2001). O recorde pertence a URSS, com 7 conquistas consecutivas, entre 1958 e 1979. Já a Itália, está em busca do seu terceiro título europeu. Como foi dito acima, as italianas venceram o Europeu em 2007 e também em 2009.

SEMIFINAIS

Para chegar na decisão de 2021, Itália e Sérvia derrotaram Holanda e Turquia, respectivamente. Dona da casa, a Sérvia sofreu para superar a seleção turca. Após um revés na primeira parcial, que durou quase 50 minutos, a Sérvia virou o jogo, para 3×1, com parciais de 32/34, 28/26, 25/23, 25/13.

A seleção da Sérvia, finalista do Europeu, pela 5ª vez, a terceira consecutiva/Divulgação CEV

A Turquia esteve muito próxima de abrir 2×0 no placar, mas desperdiçou três sets points. A entrada da jovem ponteira Lazovic da Sérvia mudou o panorama da partida. E mais uma vez, em noite de gala, Boskovic foi fundamental para a virada da Sérvia. Recebendo muitas bolas, ela marcou 39 pontos, com 54% de eficiência no ataque.

Já a principal atacante da rival da Sérvia na final, a oposta italiana Paola Egonu, não foi tão bem no confronto com a Holanda, na outra semifinal. Mesmo com a opção estratégica da levantadora Orro da Itália, em distribuir seu jogo, Paola Egonu teve rendimento abaixo dos seus padrões, com “apenas” 19 pontos no ataque.

A seleção italiana em conjunto, finalista do Europeu, também pela 5ª vez/Divulgação CEV

Para se ter uma ideia da baixa performance de Egonu contra as holandesas, ela foi retirada do jogo na terceira parcial, pelo técnico Davide Mazzanti. Apesar disso, a Itália não teve dificuldades para vencer a Holanda, por 3×1. O bloqueio foi o fator de desequilíbrio, a favor da Itália, com 16 pontos diretos no fundamento, contra 6 da Holanda.

Mas atenção, a passagem da central holandesa Juliet Lohuis no serviço, na terceira parcial, demonstrou vulnerabilidades da linha de passe italiana. As ponteiras da Itália, Pietrini e Sylla, não inspiram confiança na recepção. Com certeza, isso deve ser explorado pela Sérvia, na decisão de amanhã. Assim como a Itália também deve aproveitar as fragilidades da Sérvia no passe. A conferir!

A final do Eurovolley 2021 acontece neste sábado, 4 de Setembro, às 15h, com transmissão no Brasil pelos canais Disney. A disputa do bronze, entre Turquia e Holanda, ocorre um pouco mais cedo, a partir do 12h de amanhã, também com transmissão dos canais Disney.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s