O PRIMEIRO TÍTULO EUROPEU DA SÉRVIA

A Sérvia no lugar mais alto do pódio, em 2011/Divulgação CEV

Antes de consolidar-se no cenário internacional como potência do vôlei feminino, a Sérvia lutou durante anos por um título. Após a surpreendente medalha de bronze no Mundial em 2006, a Sérvia decepcionou nos Jogos Olímpicos de Pequim 2008, sendo eliminada por Cuba nas quartas-de-final. A campanha da equipe ficou abaixo do esperado, mas o técnico Zoran Terzic manteve a base de sua seleção, prejudicada por uma série de contusões.

Depois do Mundial 2010, a Sérvia teria a sua grande chance de conquista. O Campeonato Europeu 2011 seria disputado dentro de casa, em conjunto com a Itália, com as finais na cidade de Belgrado, capital do país. A Sérvia era uma das favoritas ao título, ao lado da Rússia de Gamova e a Itália. Outras seleções corriam por fora como Turquia, Alemanha, Polônia e Holanda.

Na 1ª fase, a Sérvia foi derrotada pela Alemanha, no confronto direto pela liderança do grupo A, por 3×1, com parciais de 25/22, 25/15, 20/25, 25/17. Com o resultado, enfrentou a Romênia, nos playoffs, conquistando classificação para a fase seguinte, com uma vitória, por 3×0, sem sustos. Nas quartas-de-final, a Sérvia passou pela Polônia, uma das forças da competição, por 3×0, com parciais de 25/17, 25/21, 26/24. Nas semifinais, novo triunfo, dessa vez, por 3×2, sobre a Turquia, que eliminou a Rússia nas quartas.

Veio a grande final. O adversário era novamente a Alemanha, algoz da 1ª fase. O roteiro da decisão parecia repetir a derrota na fase regular. As alemãs dominaram a primeira parcial, com uma vitória convincente, por 25/16. Na segunda parcial, a Sérvia entrou no jogo, empatando a disputa, em 1×1, com 25/20. Na terceira parcial, a Alemanha retomou o seu jogo, fazendo 2×1 no placar, com 25/19.

Na quarta parcial, o técnico da Sérvia, entrou jogando com Sanja Malagurski na saída de rede. Brakocevic, sua oposta titular, mais tarde MVP da competição, não realizava uma boa partida. Dada a instabilidade da Sérvia, a Alemanha abriu 6 pontos de vantagem no 4º set. Em uma reação espetacular, a Servia foi buscar o jogo, empatando a parcial em 17×17. O ginásio em Belgrado pegou fogo. Neste momento, em uma sequência de 7 pontos consecutivos, a Sérvia fechou a parcial em 25/20. O jogo foi para o tie-break.

A comemoração das jogadoras da Sérvia, logo após a conquista/Divulgação CEV

No set desempate, com o apoio da torcida enlouquecida, a Sérvia dominou a parcial do começo ao fim. Para se ter uma ideia da pressão da torcida, no match point do título, a jogadora alemã Mathes não conseguiu executar a ação no serviço. Ao lançar a bola, ela caiu no meio da quadra. Não deu nem rede! Resultado: 15/9 para a Sérvia, sendo este o primeiro título europeu na história da seleção dos Balcãs. No link abaixo, você confere a final do Europeu feminino de vôlei 2011 na íntegra.

Fonte: https://www-old.cev.eu/Competition-Area/CompetitionNews.aspx?NewsID=11129&ID=15

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s