DIÁRIO OLÍMPICO – episódio 8

Pela 1ª fase dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, em jogo da 4ª rodada do torneio feminino, o Brasil derrotou a Sérvia, praticamente garantindo a liderança da chave A. Ainda pelo mesmo grupo, República Dominicana e Coreia do Sul também venceram os seus jogos. Pela outra chave, a atual campeã olímpica China foi eliminada, por uma combinação de resultados. Os classificados do grupo foram definidos: Itália, Estados Unidos, Comitê Russo e Turquia. Confira os detalhes da 4ª rodada.

Episódio 8

Abrindo o 4º dia de competições do naipe feminino, dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, República Dominicana e Quênia entraram em quadra na Ariaki Arena, pelo grupo A. Sem dificuldades, as dominicanas venceram o seu primeiro jogo na competição, pelo placar de 3×0, com parciais de 25/19, 25/18, 25/10. A central Eve foi a maior pontuadora do jogo, com 13 pontos.

Na sequência do dia, o Comitê Olímpico Russo quebrou a invencibilidade dos Estados Unidos, em jogo válido pelo grupo B. Com grande atuação no serviço e no bloqueio, as representantes russas bateram a seleção norte-americana, por 3×0, com parciais de 25/20, 25/12, 25/19. Goncharova foi o destaque individual com 26 pontos. A nota triste foi a contusão da oposta norte-americana Thompson durante a segunda parcial. Ela saiu do jogo, sendo substituída por Drews.

A oposta Thompson torceu o tornozelo/Divulgação FIVB

Ainda pelo grupo B, com a derrota dos Estados Unidos, uma vitória da Turquia contra a Argentina, eliminaria a China dos Jogos Olímpicos. Com alguma dificuldade nas duas primeiras parciais, a seleção turca venceu a Argentina, por 3×0, com parciais de 25/23, 25/20, 25/18. A ponteira Baladin marcou 14 pontos, sendo a maior pontuadora do jogo.

Após a vitória do Brasil contra a Sérvia, pelo grupo A, Japão e Coreia do Sul disputaram o clássico asiático. Após um começo titubeante, as japonesas conseguiram equilibrar as ações contra as coreanas, mas foram derrotadas no tie-break. O placar final do confronto ficou em 3×2, com parciais de 25/19, 19/25, 25/22, 15/25, 16/14, a favor das coreanas. Recuperada de contusão, Koga do Japão marcou 27 pontos. Pela Coreia, Kim marcou 30 pontos.

A japonesa Koga, recuperada de contusão, marcou 27 pontos, contra a Coreia/Divulgação FIVB

Fechando a rodada, pelo grupo B, mesmo eliminada, a China conquistou sua primeira vitória nos Jogos Olímpicos, quebrando a invencibilidade da Itália na competição. Sem Zhu, as chinesas venceram o jogo, por 3×0, com parciais de 25/21, 25/20, 26/24. Mesmo com o revés, Egonu da Itália foi a maior pontuadora do confronto, com 18 pontos.

A seleção chinesa comemorou como nunca a sua única vitória até o momento/Divulgação FIVB

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s