A 1ª RODADA DOS PLAYOFFS DA SUPERLIGA FEMININA

Na última quinta-feira, 11 de Março, teve início a fase final da Superliga Feminina 2020/2021. Os oito primeiros colocados da fase regular, enfrentam-se no sistema de mata-mata com: 1º x 8º, 2º x 7º, 3º x 6º, 4º x 5º. Em virtude da pandemia do coronavírus, alguns confrontos terão o mando de quadra invertido, na segunda partida. Também em função da pandemia, a CBV estuda realizar as finais da competição na “bolha” de Saquarema.

PLAYOFFS

Abrindo as quartas-de-final da competição, Sesi Bauru e Sesc/Flamengo jogaram no ginásio Panela de Pressão, em Bauru. Surpreendentemente, o time de Bernardinho saiu na frente na série melhor de três jogos, fora de casa, com uma vitória por 3×1, com parciais de 25/18, 25/22, 26/28, 25/21. Com o resultado, o Flamengo está a uma vitória da próxima fase.

A levantadora Juma do Flamengo foi eleita a melhor em quadra, em votação popular pela internet. Ao final da partida, ela conversou com a assessoria da CBV sobre o desempenho de sua equipe. “Essa vitória representa a força do nosso time. Nós precisávamos de uma vitória como essa porque estávamos oscilando muito na competição. O playoff das quartas de final é um novo campeonato e fica tudo zerado. Esse troféu é para o time porque jogamos muito bem. Treinamos muito para esse jogo e esse foi o primeiro degrau. Agora é descansar para o próximo jogo”.

Na sexta, 12 de Março, foi a vez de Osasco e Curitiba entrarem em quadra, pelas quartas-de-final da Superliga Feminina. Jogando em seus domínios, no ginásio José Liberatti, o Osasco venceu o primeiro jogo da série contra o Curitiba, no tie-break, depois de abrir 2×0, com parciais 28/26, 25/18, 23/25, 24/26 e 15/13. A ponteira Tainara do Osasco foi a maior pontuadora do confronto, com 20 pontos. Ela ainda recebeu o troféu Viva Vôlei, por ser eleita a melhor em quadra, em votação pela internet.

O time do Osasco em comemoração de ponto/Divulgação Osasco

No sábado, o Itambé/Minas, líder da fase regular, jogou contra o Brasília, na Arena Minas, em Belo Horizonte. Ainda sem a recuperação completa da oposta norte-americana Danielle Cuttino, o time entrou em quadra com a jovem oposta Camila Mesquita, em seu lugar, o Minas derrotou o Brasília por 3×0, com parciais de 25/19, 28/26, 25/16. A libero Leia do Minas foi escolhida a melhor do jogo pelos internautas, recebendo o troféu Viva Vôlei ao final da partida.

A ponteira Pri Daroit no ataque/Divulgação MTC

Encerrando a 1ª rodada dos playoffs da Superliga Feminina, na manhã de Domingo, 14 de Março, o Praia superou o São Paulo/Barueri, fora de casa, por 3×2, com parciais 25/19, 17/25, 25/14, 23/25 e 16/14. Eleita a melhor em quadra pelo público da internet, a ponteira Fernanda Garay foi a maior pontuadora do jogo, com 22 pontos.

Ao final do confronto, ela falou sobre a dificuldade encontrada na partida, em conversa com a assessoria da CBV. “Foi um jogo duríssimo e não esperávamos nada diferente. Sabemos da qualidade do time de Barueri e elas vêm arriscando, são jogadoras de qualidade e sabíamos que ia ser um jogo difícil. Nessa fase, sabemos que só tem jogo duro e o importante é a vitória. É claro que temos que estudar bastante, analisar, mas o importante nesse momento é sair na frente. Não significa muita coisa e vamos para a segunda partida”.

Fonte: CBV

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s