O SUL-AMERICANO DE CLUBES 2020

Começa amanhã, 11 de Fevereiro, em Contagem, Minas Gerais, o Sul-Americano masculino de vôlei 2020, com seis equipes participantes. Como representante do Brasil na competição, além do Cruzeiro, sede do torneio, disputa o título, o atual campeão da Superliga, EMS/Funvic/Taubaté. Os outros clubes do Sul-Americano são dois da Argentina, UPCN e Bolívar, um do Peru, Regatas Lima, e um do Uruguai, Juan Ferreira. Divididos em dois grupos com 3 times, os dois melhores de cada chave avançam para as semifinais. Os vencedores desses confrontos decidem o título sul-americano de 2020, no sábado, 15 de Fevereiro.

A julgar pelos participantes, a promessa é de uma competição forte. Pela 1ª vez, em muitos anos, o Cruzeiro corre o risco de perder a hegemonia no continente. O time mineiro venceu as últimas quadro edições do Sul-Americano. Para o clube, tal resultado seria uma catástrofe para o planejamento da próxima temporada. Isso porque, para disputar o Mundial, no fim do ano, o Sada ficaria na dependência de um convite da FIVB. Nessa edição do Sul-Americano, o Sada/Cruzeiro busca o seu sétimo título da competição, por sediar o evento em casa, na cidade de Contagem.

O representante brasileiro na quadra, de fato, ou seja, vencedor da última Superliga, é o Taubaté. No entanto, nos últimos dias, segundo fontes da imprensa, o time do Vale do Paraíba está com os salários dos jogadores atrasados. De acordo com eles, o Taubaté enfrenta uma crise financeira. Evidentemente, isso pode afetar o desempenho do time no Sul-Americano. Apesar disso, não dá para descartar o Taubaté do posto de um dos favoritos da competição, ao lado do Cruzeiro.

Sobre os rivais estrangeiros, os times argentinos UPCN e Bolívar, estão muito bem posicionados, com boas chances de título. No ano passado, com muita dificuldade, em dois jogos parelhos, o Cruzeiro bateu dois times argentinos, para ser campeão sul-americano. É bom lembrar também que o UPCN já foi campeão da competição em 2013 e 2015. Sobre os outros dois times, o uruguaio e o peruano, restará a eles o papel de coadjuvantes.

Feminino

Na próxima semana, depois da versão masculina, antes do Carnaval, será a vez do Sul-Americano feminino. Disputado em Uberlândia, Minas Gerais, a competição terá a participação de 5 times do continente. Além do Praia Clube, sede do evento, disputam o título de 2020: o Minas, atual campeão da Superliga, Boca Juniors e San Lorenzo da Argentina e o Universidad Católica da Bolívia. Todos jogam contra todos em turno único. A equipe com maior número de vitórias será campeã.

Defendendo o título do ano passado, em busca do penta da competição, o Minas terá a difícil tarefa de enfrentar o rival mineiro no domínio adversário. Erros no planejamento do elenco da equipe podem pesar. O reforço da ponteira búlgara Rabadzhieva pode diminuir o prejuízo do Minas na entrada de rede.

Na temporada, em 5 jogos, o Praia venceu 4 jogos. No momento, o time de Uberlândia está em melhor fase, sendo o favorito ao título Sul-Americano. Além de líder da Superliga, já levantou o caneco do Mineiro e da Supercopa na temporada. Com o apoio da torcida, pode conquistar o título inédito do torneio, dentro de casa.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s