RESUMO DA COPA – dia 18

Pela Copa do Mundo de vôlei masculino 2019, na quinta-feira, 10 de Outubro, em jogo válido pela sétima rodada, Brasil e Estados Unidos se enfrentaram em duelo decisivo pelo título. Com a vitória brasileira, por 3×0, a Polônia assumiu a vice-liderança, sendo a principal perseguidora da seleção brasileira na competição, 1ª colocada do torneio. Os Estados Unidos caíram para o 3º lugar e estão ameaçados pela excelente campanha do Japão, 4º colocado.

Rodada 7

Na abertura da rodada, em Hiroshima, a Argentina conquistou a segunda vitória na competição contra o Canadá, depois de uma sequência de cinco derrotas. O resultado positivo para os argentinos foi tranquilo, pelo placar de 3×0, com parciais de 25/16, 25/22, 25/20. Mesmo com o revés, o canadense Maar foi o maior pontuador do confronto com 15 pontos.

O ponteiro Maar na linha de recepção/Divulgação FIVB

Na outra quadra, na arena principal, a Polônia não teve dificuldades para bater o Egito. Com 25/19, 25/18 e 25/16, os poloneses venceram pelo placar máximo. Foi a sexta vitória da Polônia na Copa. O ponteiro polonês Szalpuk anotou 15 pontos, a maior pontuação do jogo.

Na sequência de jogos, após o triunfo argentino, o Irã enfrentou a Tunísia. Foi mais um 3×0 na rodada, dessa vez, a favor dos iranianos. Equilíbrio apenas na primeira parcial, 26/24. Com 25/17 e 25/22, a seleção iraniana fechou o jogo. Apesar da derrota, o oposto tunisiano Nagga foi o destaque individual do confronto, com 19 pontos.

A seleção iraniana comemora ponto/Divulgação FIVB

Na quadra principal, na partida que antecedeu o jogo dos anfitriões japoneses, a Itália jogou contra a Austrália. Pelo placar de 3×0, os italianos derrotaram os australianos, com parciais de 30/28, 25/13, 25/22. O oposto Nelli da Itália marcou 20 pontos, sendo 17 de ataque e 3 no serviço.

Encerrando a rodada, um pouco tempo depois do clássico entre brasileiros e americanos, na outra quadra, o Japão aprontou novamente na Copa. Contra a Rússia, o Japão venceu pela quinta vez na competição, com o resultado de 3×1, com parciais de 25/22, 21/25, 25/22, 25/16. O oposto Nishida saiu de quadra como o maior pontuador da partida, com 22 pontos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s