BRASIL CONQUISTA SEXTA VITÓRIA CONSECUTIVA

A seleção brasileira masculina de vôlei conquistou mais uma vitória na Copa do Mundo 2019, disputada no Japão. Jogando em Hiroshima, o Brasil derrotou a Argentina, seu principal rival continental, por 3×0, com parciais de 25/19, 25/19, 26/24. Foi o sexto triunfo consecutivo brasileiro na competição. O Brasil lidera o torneio com 6 vitórias, em 6 jogos. Na próxima rodada, a seleção brasileira enfrenta os Estados Unidos, em duelo decisivo pelo título da Copa. A partida acontece na manhã de quinta-feira, 10 de Outubro, às 6h, com transmissão do SPORTV 2.

Ao fim do confronto com os argentinos, o ponteiro Leal conversou com a assessoria da CBV sobre o jogo. “Acho que hoje conseguimos a vitória jogando no coletivo. Fizemos um jogo bom em todos os fundamentos, principalmente o saque e na recepção, que funcionaram muito bem. Entramos 100% neste jogo e não demos chances do adversário crescer. Agora entramos em uma fase muito importante do campeonato, estamos em uma caminhada muito boa e seguimos em busca do título”.

RESUMO

Os argentinos iniciaram o duelo com o Brasil com a estratégia clara de forçar o serviço. No entanto, a Argentina cometeu muitos erros no fundamento. Tal fato, facilitou a virada de bola brasileira. Além disso, com o passe na mão, Bruninho deitou e rolou, com uma distribuição homogênea. Para piorar a situação, o saque brasileiro fez estragos na linha de recepção dos argentinos. O habilidoso levantador Sanchez não conseguiu jogar. Em alguns momentos, os argentinos equilibraram o confronto na defesa e com as inversões de rede. Porém, o dia era do Brasil. Até mesmo o bloqueio, deficiência crônica na temporada, contribuiu de forma efetiva, com 8 pontos, além de diversas chances criadas de contra-ataques.

ARGENTINA Sanchez (0), Bruno Lima (14), Palacios(13), Martinez (7), Loser (3), Ramos (4), Vicentin (L). Entraram: Giraudo (1), Johansen (3). Técnico: Marcelo Mendez

BRASIL Bruninho (2), Alan (15), Leal (14), Lucarelli (10), Lucão (9), Flávio (8), Thales (L). Entraram: Maurício Borges (0), Cachopa (0), Filipe Roque (1), Isac (0). Técnico: Renan Dal Zotto

O bloqueio brasileiro, destaque do jogo/Divulgação FIVB

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s