SELEÇÃO MASCULINA ESTREIA NA COPA COM VITÓRIA

A seleção brasileira masculina de vôlei estreou na Copa do Mundo 2019 com vitória. Contra o Canadá, o Brasil superou as expectativas e venceu até com facilidade, pelo placar máximo, com parciais de 25/14, 25/22, 25/14. O oposto brasileiro Alan foi o maior pontuador do confronto com 14 pontos. Pelo Canadá, os ponteiros Hoag e Maar marcaram 8 pontos cada. Na próxima rodada, os brasileiros enfrentam a Austrália, na manhã de quarta-feira, 2 de Outubro, às 6h, com transmissão do SPORTV 2. Já os canadenses tentam a recuperação na Copa contra a Rússia, às 2h da madrugada de hoje.

Ao fim do jogo, Alan conversou com a assessoria da CBV sobre a vitória na estreia. “Foi uma vitória muito importante. O nosso time jogou muito bem. Na segunda parcial aconteceu uma complicação um pouco maior, mas o grupo soube buscar, sacamos muito bem, e todos estão de parabéns. Sabemos que é só o começo, ainda temos mais 10 jogos pela frente, mas uma vitória é sempre importante. O placar final do jogo, por 3×0, deixa nosso time cada vez mais confiante para seguir no campeonato no mais alto nível”.

RESUMO

Como de praxe no voleibol masculino, Canadá e Brasil iniciaram o jogo com um serviço agressivo. Porém, ao contrário dos brasileiros, os canadenses tinham problemas na execução do fundamento. Enquanto o saque do Brasil foi responsável por 7 pontos diretos em toda a partida, além de colocar a linha de passe do Canadá em dificuldade, por várias vezes, o saque canadense foi o responsável pelo maior número de erros de sua seleção no jogo. Ao todo, o Canadá cedeu 19 pontos em erros, a maioria no serviço. Para completar o quadro, com um nível de erros altos, os canadenses perderam a confiança no jogo, visivelmente, na virada de bola.

Já o sistema defensivo brasileiro funcionou como nunca. Errando pouco, com bom volume de jogo, confirmando os contra-ataques, finalmente, o bloqueio do Brasil apareceu. Foram 6 pontos no fundamento contra 5 do Canadá. Os brasileiros deixaram o jogo ficar fácil. Em alguns momentos de instabilidade e relaxamento, foi no serviço que o Brasil se recuperou. Principalmente na segunda parcial, quando Lucão e Leal tiveram ótimas sequências no fundamento, com o Canadá na frente do placar.

BRASIL Bruninho (2), Alan (14), Lucão (8), Maurício Souza (8), Leal (10), Lucarelli (11), Thales (L). Entraram: Maurício Borges (0), Cachopa (0), Filipe Roque (3). Técnico: Renan Dal Zotto

CANADÁ Keturakis (4), Vernon (6), Szwarc (5), Van Berkel (3), Hoag (8), Maar (8), Derocco (L). Entraram: Marshall (1), Demyanenko (2). Técnico: Daniel Lewis

O oposto Alan no ataque/Divulgação FIVB

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s