RESUMO DA COPA – dia 11

Foi encerrada a Copa do Mundo de vôlei feminino 2019. Após 11 rodadas, a China conquistou o título da competição de forma invicta. Os Estados Unidos ficaram em 2º lugar. A Rússia ficou com o bronze. O Brasil terminou em 4º lugar, com 7 vitórias e 4 derrotas. Na sequência, pela ordem se posicionaram do 5º ao 8º lugar as seleções do Japão, Coréia do Sul, República Dominicana e Holanda. Nas últimas posições, do 9º ao 12º lugar ficaram: Sérvia, Argentina, Quênia e Camarões.

Rodada 11

Na abertura da última rodada da Copa, em Osaka, na Arena Edion, Coréia do Sul e Estados Unidos se enfrentaram. As coreanas até dificultaram a vida das americanas, mas após muita resistência asiática, melhor para a seleção dirigida pelo técnico Karch Kirally. O resultado final do jogo foi 3×1, com parciais de 25/21, 25/16, 16/25, 25/22, em favor dos Estados Unidos. Andrea Drews foi o destaque da partida. Ela marcou 24 pontos. Com o resultados, a seleção americana ficou com a prata da Copa do Mundo 2019.

A americana Drews no ataque/Divulgação FIVB

Na sequência de jogos do dia, na quadra principal, a República Dominicana venceu a Sérvia e encerrou sua participação na competição, em 7º lugar. Contra o time B das atuais campeãs mundiais, as dominicanas ganharam o jogo por 3×1, com parciais de 25/22, 25/21, 22/25, 25/17. Betânia De La Cruz foi a maior pontuadora do jogo, com 21 pontos.

A ponteira Betânia De La Cruz/Divulgação FIVB

Depois da vitória brasileira contra a Rússia, ao mesmo tempo, na quadra principal, a China entrou em quadra, já como campeã, contra a Argentina. Sem dificuldades, as chinesas bateram as argentinas, pelo placar máximo, com parciais de 25/17, 25/14, 25/12, conquistando o título da Copa do Mundo 2019, de forma invicta. A oposta Gong anotou 15 pontos, sendo a maior pontuação do jogo.

Encerrando os jogos, na quadra 2 de Osaka, o tão esperado clássico africano. Contra o favoritismo camaronês, o Quênia venceu o seu principal rival do continente, por 3×1, com parciais de 25/15, 26/24, 14/25, 25/21. Mesmo com a derrota, a camaronesa Nana saiu de quadra como destaque individual, com 23 pontos.

A seleção queniana comemora ponto/Divulgação FIVB

Finalizando a Copa do Mundo feminina 2019, na quadra principal, o Japão derrotou a Holanda e fechou a competição na 5ª colocação. Contra as holandesas, as japonesas venceram o jogo por 3×1, com parciais 25/18, 27/25, 24/26, 25/21. A ponteira do Japão, Yuki Ishii, teve um desempenho individual espetacular. Ela anotou 25 pontos, sendo 22 de ataque, 1 de bloqueio e 2 no serviço.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s