RESUMO DA COPA – dia 9

Pela Copa do Mundo de vôlei feminino 2019, em Osaka, no Japão, em jogos válidos pela nona rodada da competição, 6 partidas foram disputadas, na madrugada de sexta-feira, 27 de Setembro. Na abertura do dia, jogando com uma equipe mesclada, a Coréia do Sul derrotou o Quênia, por 3×0, com parciais de 25/15, 25/16, 25/21. A queniana Kiprono foi a maior pontuadora do confronto, com 10 pontos.

A seleção coreana comemora ponto/Divulgação FIVB

Na sequência dos jogos da rodada, dominicanas e argentinas se enfrentaram na quadra principal de Osaka. Melhor para a Republica Dominica, por 3×0, com parciais de 25/16, 25/23, 27/25. Foi a quarta vitória dominicana na competição. Brayelin Martínez foi o destaque individual da partida. Em apenas 3 sets, ela marcou incríveis 26 pontos.

A oposta Martínez no ataque/Divulgação FIVB

Ainda no mesmo ginásio de Osaka, após a vitória brasileira contra Camarões, na outra quadra, a China ficou muito perto do título da Copa do Mundo 2019. Jogando contra a Holanda, as chinesas tiveram uma excelente desempenho no bloqueio. Foram 14 pontos no fundamento contra apenas 4 das holandesas. A performance no bloqueio foi a principal responsável pela vitória contra a Holanda, por 3×1, com parciais 25/19, 25/16, 21/25, 25/19. Mesmo assim, a oposta holandesa Sloetjes anotou 24 pontos, sendo a maior pontuação do jogo.

Encerrando o dia de jogos, na Arena Edion, em Osaka, um confronto de interesse para o Brasil, entre russas e americanas. Na briga por um lugar no pódio, para as brasileiras, uma vitória dos Estados Unidos era fundamental. Foi o que aconteceu. Em jogo muito disputado, vitória americana, por 3×2, com parciais 24/26, 25/22, 25/22, 17/25, 15/8. A ponteira dos Estados Unidos Robinson saiu de quadra com 27 pontos, sendo o destaque absoluto do jogo na pontuação. Pela Rússia, Goncharova marcou 22 pontos.

Finalizando a rodada, na quadra principal de Osaka, o Japão virou o jogo para a cima da Sérvia. Após sair perdendo por 2×0 no placar, as japonesas reagiram contra o times B da atual campeã mundial e vice-olímpica. No fim, vitória do Japão no tie-break, com parciais de 21/25, 21/25, 25/20, 25/20, 15/6. A central Popovic da Sérvia foi a maior pontuadora do duelo com 24 pontos, sendo 17 de ataque, 5 de bloqueio e 2 de saque.

A central Popovic em destaque/Divulgação FIVB

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s