OS AMISTOSOS DA SELEÇÃO MASCULINA

No último final de semana, a seleção brasileira masculina de vôlei encerrou uma série de amistosos contra os argentinos, com vistas à disputa do Sul-Americano e da Copa do Mundo. Foram 4 jogos, dois em cada país. No saldo final da maratona de jogos, o Brasil venceu três partidas e a Argentina venceu uma. As duas seleções utilizaram os confrontos para testar formações e dar rodagem aos jogadores mais jovens dos times. Não participaram de nenhum jogo dos amistosos, pela seleção brasileira, o central Lucão e o oposto Wallace. Pela seleção argentina, o ponteiro Conte, o levantador De Secco e o central Solé também ficaram de fora.

JOGO 1

No primeiro do duelo dos amistosos contra a Argentina, na província de El Calafate, em Santa Cruz, na sexta-feira, 23 de Agosto, o Brasil foi derrotado por 3×1, com parciais de 25/22, 25/27, 25/19, 25/21. O time brasileiro não contou com suas principais peças e foi comandando pelo técnico Giuliano Ribas, o Juba. Iniciaram o jogo pelo Brasil: o levantador Thiaguinho, o oposto Filipe Roque, os ponteiros Douglas Souza e Kadu, os centrais Flávio e Matheus Bispo, e o líbero Maique. Os argentinos mesclaram sua equipe, com metade do elenco medalha de ouro no Pan de Lima e metade do time que conquistou a classificação para os Jogos de Tóquio 2020 no Pré-Olímpico.

JOGO 2

No segundo jogo da série de amistosos, também em território adversário, no sábado 24 de Agosto, o Brasil deu o troco nos argentinos. Os brasileiros chegaram a abrir uma vantagem de 2×0 no placar, desperdiçando vários match-points na terceira parcial, permitindo o empate da Argentina na disputa. No fim, vitória brasileira por 3×2, com parciais de 25/23, 25/22, 28/30, 20/25, 15/10. Em relação à equipe do dia anterior, o técnico Juba fez duas alterações. O ponteiro Victor Birigui entrou no lugar de Kadu e o levantador Rendrick no lugar de Thiaguinho. O oposto Filipe Roque foi o maior pontuador do Brasil com 22 pontos. Ao final da partida, o técnico Juba comentou sobre a vitória.

“Hoje, nosso estudo em cima do adversário foi mais em organizar o nosso sistema. Rodamos bastante o time, colocamos atletas para testes, hoje fizemos algumas mudanças e tivemos respostas positivas. O objetivo foi cumprido, já que viemos para cá para levar esses meninos de volta para o Brasil amadurecidos”, disse Juba.

JOGO 3

Na terceira partida dos amistosos, jogando em Campinas, São Paulo, no ginásio do Taquaral, na sexta-feira, 30 de Agosto, a seleção brasileira não deu chances para os argentinos. Triunfo incontestável por 3×0, com parciais de 25/13, 25/19, 25/20. O time brasileiro contou com a atuação do levantador Bruninho e dos ponteiros Leal e Lucarelli. O técnico Renan Dal Zotto dirigiu a equipe pela primeira vez na série de jogos contra a Argentina. Ele comentou sobre o desempenho da seleção, na segunda vitória contra os argentinos.

“Foi um bom jogo. Jogamos bem, pressionando o tempo todo no saque e as coisas fluíram. Foi uma boa apresentação, acho que a torcida curtiu bastante e a nossa equipe não baixou a guarda em nenhum momento. Depois de um set tranquilo, como foi o primeiro, a tendência é dar uma baixada na guarda, mas isso não aconteceu. Ficamos foçados o tempo todo e o time está de parabéns”, falou Renan.

JOGO 4

No quarto e último jogo dos amistosos com a seleção Argentina, no sábado, 31 de Agosto, também em Campinas, o Brasil encerrou a série com a terceira vitória contra os argentinos. O resultado positivo foi de virada, pelo placar de 3×1, com parciais de 23/25, 25/17, 25/23, 27/25. O Brasil entrou em quadra com modificações na equipe, em relação à partida do dia anterior, assim como a Argentina. O técnico Renan Dal Zotto manteve o oposto Alan e o central Maurício Souza como titulares. Entraram no time: o levantador Cachopa, o central Isac, os ponteiros Douglas Souza e Maurício Borges, além do líbero Maique. Pela Argentina, entraram o levantador Sanchéz e o ponteiro Martínez, reforços do Sesc/Rio para a temporada 2019/2020 da Superliga Masculina.

Ao fim do jogo, o aniversariante do dia, o ponteiro Leal falou sobre a vitória e a sua entrada no jogo, no 4º set. “Estava esperando poder jogar e estou muito feliz. Tive a oportunidade de fechar um jogo importante para o nosso time. Esse é o primeiro aniversário com a camisa da seleção brasileira e agora é só comemorar”.

Fonte: CBV

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s