BRASIL ARRASA A TURQUIA

image

O Brasil não deu chances para a seleção turca. Em jogo válido pelas semifinais da Liga das Nações Feminina 2019, a seleção brasileira feminina bateu a Turquia, por 3×0, em pouco mais de uma hora, com parciais de 25/23, 25/15, 25/10. Com o resultado, as brasileiras devolveram o placar da semifinal do ano passado, quando perderam para a Turquia, na edição inaugural da competição, conquistando de quebra, a classificação para a decisão do título. O adversário da grande final será os Estados Unidos, atual campeão da VNL.

Ao fim da partida, a ponteira brasileira Natália, destaque individual do jogo, conversou com a imprensa. “Nós realmente estamos felizes com a vitória porque essa será nossa primeira final na Liga das Nações. Parabéns para todo o time. Eu acho que nós fizemos o melhor jogo em toda Liga das Nações. Nós precisamos descansar um pouco e estudar os adversários depois. Estamos preparados para a final contra Estados Unidos ou China”.

ESTATÍSTICAS
O Brasil errou muito pouco contra a Turquia. A seleção brasileira cedeu apenas 13 pontos em erros contra 26 das turcas. As brasileiras passaram o rolo compressor para cima da Turquia com excelência no sistema defensivo, graças ao bom serviço. Foram 4 pontos diretos no fundamento, além de inúmeras situações criadas de contra-ataque. No bloqueio, o Brasil foi ainda mais superior com 8 pontos contra 3 do adversário. Já no ataque, a seleção brasileira se beneficiou do volume de jogo, com vários pontos em contra-ataque. Somando a virada de bola, foram 37 pontos contra 31 da Turquia.

Nos aspectos individuais, a ponteira Natália foi a maior pontuadora da partida, com 15 pontos, sendo 12 de ataque, 2 de bloqueio, 1 de saque. Seu aproveitamento no ataque foi de 50%. No lado turco, Karakurt foi a maior pontuadora. Ela anotou 10 pontos, todos no ataque. Sua eficiência no fundamento ficou abaixo de 50%. A central brasileira Mara foi a atacante mais eficaz do jogo, com quase 70% de aproveitamento. No bloqueio, a oposta do Brasil Lorenne foi a mais efetiva. Ela contribuiu com 4 pontos diretos no fundamento.

TURQUIA Osbay (4), Karakurt (10), Gunes (3) Akman (5), Ismailoglu (5), Ercan (4), Akoz (L). Entraram: Dilik (0), Yilmaz (1), Baladin (1), Kalac (0), Boz (2). Técnico: Giovanni Guidetti

BRASIL Macris (3), Paula Borgo (0), Bia (7), Mara (8), Gabi (7), Natália (15), Leia (L). Entraram: Lorenne (9), Amanda (0), Roberta (0). Técnico: José Roberto Guimarães

image
A ponteira Natália ataca por cima do bloqueio/Divulgação FIVB

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s