BRASIL GARANTE CLASSIFICAÇÃO ANTECIPADA

image

Jogando em Cuiabá, no Mato Grosso, no último fim de semana, o Brasil garantiu vaga antecipada para a fase final da Liga das Nações Masculina. Contra Bulgária, Alemanha e Rússia, os brasileiros venceram os três jogos. Com os resultados, o Brasil reassumiu a liderança da competição, somando 30 pontos, 11 vitórias e apenas uma derrota, em 12 jogos. Nesse próximo final de semana, a seleção brasileira encerra sua participação na fase regular  da VNL, em Brasília, no ginásio Nilson Nelson. Já classificado, o Brasil cumpre tabela contra França, Canadá e Itália, respectivamente, como anfitrião.

A semana brasileira na VNL masculina

BRASIL 3X1 BULGÁRIA 25/20, 21/25, 25/19, 25/14

Tradicionalmente, uma seleção forte fisicamente, contra o Brasil, a Bulgária não fugiu das suas características. Saque e bloqueio búlgaro colocaram os brasileiros em enormes dificuldades. O ponteiro cubano naturalizado brasileiro Leal foi caçado na recepção. Foram precisas várias alterações, realizados pelo técnico brasileiro Renan Dal Zotto, para ajustar o time. Na segunda parcial, a Bulgária chegou a somar 7 pontos no bloqueio no mesmo set. Após as substituições para estabilizar a linha de passe, o jogo do Brasil fluiu, em virtude do excesso de erros da Bulgária. No total foram 34 pontos cedidos em erros. Recuperado dentro da própria partida, Leal saiu de quadra como maior pontuador brasileiro, com 14 pontos.

BRASIL 3X2 ALEMANHA 20/25, 25/18, 21/25, 25/17, 15/13

Contra o Brasil, a Alemanha dirigida pelo ex-jogador Andrea Giani adotou uma estratégia suicida no serviço. Tal estratégia provocou um festival de erros dos alemães no saque. Na primeira parcial, a vantagem adquirida no placar pela Alemanha foi sustentada pela virada de bola. Bem marcado, o oposto brasileiro Wallace saiu de quadra, ainda no 1° set, zerado. Em seu lugar, entrou o jovem Alan. A seleção brasileira recuperou seu poder ofensivo e massacrou os alemães na segunda parcial. No 3° set, finalmente, o serviço alemão entrou e o Brasil voltou a perder. Na parcial seguinte, foi a vez do saque brasileiro fazer estrago, com 5 pontos diretos no fundamento. No fim, vitória brasileira na margem mínima, 15/13, em uma partida com muitos erros. Foram 72 no total.

BRASIL 3X0 RÚSSIA 25/17, 25/21, 28/26

Os russos vieram para o Brasil com um time alternativo. O que na teoria seria o jogo mais difícil do final de semana para o Brasil, na prática, foi o mais tranquilo. A Rússia ofereceu resistência apenas na terceira parcial, em razão do relaxamento brasileiro. A reação russa se deu pelo serviço. Eles terminaram o jogo com mais pontos no fundamento que o Brasil. Ao todo foram 7 pontos diretos no saque contra 2 do Brasil. O oposto brasileiro Wallace se recuperou da péssima partida contra a Alemanha. Ele foi o maior pontuador do duelo com 14 pontos. O bloqueio brasileiro saiu de quadra com mais pontos que o adversário, pela primeira vez, desde os confrontos na primeira semana da VNL na Polônia. Foram 6 pontos no fundamento contra 4 da Rússia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s