EM JOGO DECISIVO, BRASIL VENCE HOLANDA EM 5 SETS

image

A seleção brasileira feminina de vôlei sobreviveu no Campeonato Mundial com um vitória sobre a Holanda no tie-break. Em jogo válido pela penúltima rodada do Grupo E, o Brasil bateu as holandesas por 3×2, de virada, com parciais de 21/25, 25/18, 25/27, 25/19, 15/7. Com o resultado, as brasileiras mantiveram as chances de classificação para o Final Six. Para chegar a 3ª fase do Mundial, a seleção brasileira precisa vencer as japonesas, donas da casa, por 3×0. Qualquer resultado diferente desse placar elimina o Brasil. O jogo com o Japão, é amanhã, logo cedo, a partir das 7h20 da manhã, com transmissão do SPORTV 2.

ESTATÍSTICAS
Contra a Holanda, a oposta Tandara, mais uma vez no Mundial 2018, foi o destaque individual brasileiro, com 28 pontos. Seu aproveitamento de ataque, no entanto, ficou abaixo de 50%. De 50 tentativas, ela confirmou 22 ataques. Pelo lado holandês, a oposta Slöetjes marcou 25 pontos, sendo 24 no ataque e 1 de saque. A exemplo de Tandara, a oposta holandesa também recebeu muitas bolas no ataque e teve aproveitamento parecido de quase 50%.

No aspecto coletivo, o Brasil sobressaiu-se no fundamento bloqueio. Com 17 pontos contra 5 da Holanda. Ainda assim, o jogo foi decidido no tie-break. O volume de jogo das holandesas foi preponderante para equilibrar as ações. Em um momento adverso do jogo, no 3º set, com diferença no placar de 7 pontos, a Holanda conseguiu reverter a situação e vencer a parcial graças a sua postura na defesa. Algo até então, inesperado, em se tratando de Holanda.

Já o Brasil, nos momentos em que esteve a frente, principalmente nas parciais em que venceu, executou uma excelente estratégia de saque. O desempenho brasileiro no fundamento obrigou o técnico da Holanda a fazer algumas trocas, inclusive no levantamento, para surpreender o bloqueio do Brasil.

BRASIL Roberta (3), Tandara (28), Bia (10), Adenízia (5), Gabi (13), Drussyla (4), Suelen (0). Entraram: Dani Lins (1), Natália (2), Garay (13), Thaísa (0), Carol (4). Técnico: José Roberto Guimarães

HOLANDA Dijkema (0), Slöetjes (25), Belien (9), Lohuis (9), Buijs (4), Balkestein (8), Knip (0). Entraram: Bongaerts (1), Plak (10), Jasper (1), Luttikhuis (0), Schoot (0). Técnico: Jamie Morrison

OUTROS RESULTADOS
Grupo E México 0x3 Rep.Dominicana 13/25, 18/25, 15/25
Grupo E Alemanha 3×1 Porto Rico 25/23, 25/27, 29/27, 25/22
Grupo E Japão 3×1 Sérvia 15/25, 25/23, 25/23, 25/23
Grupo F Turquia 3×1 Azerbaijão 26/24, 25/17, 22/25, 25/21
Grupo F Bulgária 3×2 Tailândia 25/18, 22/25, 18/25, 25/22, 19/17
Grupo F Itália 3×1 Rússia 22/25, 25/20, 25/18, 25/22
Grupo F China 3×0 EUA 25/17, 26/24, 25/18

image
O bloqueio brasileiro na marcação da ponteira Balkestein/Divulgação FIVB

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s