MÉXICO ASSUSTA O BRASIL

image

Pelo Campeonato Mundial de Vôlei Feminino, o Brasil passou um susto com o México, mas venceu a partida de virada, por 3×1, com parciais de 23/25, 25/23, 25/13, 25/19, em jogo válido pelo Grupo E. A linha de recepção brasileira sofreu com o saque mexicano. A oposta brasileira Tandara foi a maior pontuadora do confronto, com 25 pontos. Pelo México, o destaque individual foi a oposta Rangel. Ela anotou 23 pontos. Na próxima rodada, o Brasil enfrenta a Holanda, em jogo decisivo, na madrugada de terça-feira para quarta-feira, a partir de 1h25, com transmissão do SPORTV 2. Já o México joga contra a República Dominicana.

RESUMO
Brasil e México iniciaram o jogo errando muito. O México apostava tudo no saque. O Brasil era disperso. Sem o peso do favoritismo, as mexicanas eram franca-atiradoras. As brasileiras sentiam a pressão pela vitória, dada a sua situação na competição. O Brasil parecia preso e o México, com seu time quase juvenil, era leve. Aproveitando-se da irregularidade brasileira, as mexicanas venceram a primeira parcial, por 25/23.

Com a derrota no 1º set, o jogo ficou difícil para o Brasil. O México ganhou confiança. O técnico brasileiro José Roberto Guimarães confirmou Drussyla em quadra, como na primeira parcial, no lugar de Natália. Aos poucos o sistema defensivo do Brasil pressionou o ataque mexicano. O bloqueio começou a tocar nas bolas e as brasileiras entraram no jogo. No sufoco, o Brasil venceu o set, 25/23.

No 3º set, o Brasil teve o controle quase total das ações. A virada de bola aumentou a eficiência com a melhora da recepção. O México não confirmava os ataques. A distribuição da levantadora Roberta era superior a de Dani Lins, que saiu do jogo para não voltar mais. Resultado: Brasil 25/13.

Na quarta parcial, o Brasil manteve o ritmo de seu jogo. O México já não surpreendia e sentia as suas carências. O Brasil explorava as deficiências mexicanas e mantinha o controle do jogo. Sem fazer muito esforço, o Brasil fechou o confronto, 25/19.

BRASIL Dani Lins (0), Tandara (25), Bia (8), Adenízia (10), Gabi (15), Natália (0), Suelen (0). Entraram: Roberta (0), Drussyla (14), Thaísa (1). Técnico: José Roberto Guimarães

MÉXICO Sashiko (2), Rangel (23), Moreno (6), Valle (4), Parra (17), Bricio (9), Lopez (0). Entraram: Valdez (0). Técnico: Naranjo de Jesus

OUTROS RESULTADOS
Grupo E Alemanha 0x3 Sérvia 14/25, 20/25, 20/25
Grupo E Holanda 3×0 Rep. Dominicana 25/19, 25/16, 25/14
Grupo E Japão 3×0 Porto Rico 25/22, 25/14, 25/18
Grupo F Bulgária 1×3 Rússia 21/25, 20/25, 25/23, 19/25
Grupo F Turquia 0x3 EUA 21/25, 17/25, 18/25
Grupo F China 3×0 Azerbaijão 25/17, 25/16, 25/17
Grupo F Itália 3×0 Tailândia 25/15, 25/12, 25/15

image
A levantadora Roberta/Divulgação FIVB

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s