BRASIL PERDE TRÊS VEZES NA BULGÁRIA

A seleção brasileira masculina de vôlei teve a sua pior semana na Liga das Nações. Jogando na Bulgária, o Brasil foi derrotado por Canadá, França e Bulgária, respectivamente. Os brasileiros demonstraram grande apatia nas derrotas para Canadá e França. Na partida contra os búlgaros, o Brasil evoluiu na parte emocional, mas não foi o suficiente para impedir novo revés. O técnico Renan Dal Zotto não contou com o ponteiro Lipe e o central Maurício Souza, ambos lesionados. Sem opções de jogadores experientes na ponta, o Brasil viu a sua linha de passe sofrer. Em busca de reforço na posição, Renan Dal Zotto convocou o ponteiro Lucas Lóh para os próximos três jogos do Brasil, pela última semana da fase de classificação da Liga das Nações.

A semana brasileira na VNL

CANADÁ 3×0 BRASIL 25/22 34/32 25/23
Brasileiros e canadenses fizeram uma partida equilibrada, disputada ponto a ponto, no 1º set. No momento decisivo, o Canadá dificultou a linha de passe do Brasil alternando potência no serviço com saques flutuantes. A estratégia deu resultado e o Canadá fechou o set em 25/22. O Brasil voltou melhor para o jogo no 2º set abrindo seis pontos de vantagem. Aos poucos, os canadenses reencontraram seu melhor jogo e igualaram o set. Novamente, no momento chave, o Canadá mostrou convicção nos contra-ataques para fazer 2×0 no placar, 34/32. O 3º set foi uma repetição dos anteriores. Abatido, o Brasil permitiu que o Canadá tivesse o controle do jogo e fechasse a partida, 25/23.

FRANÇA 3×0 BRASIL 25/19 25/23 25/23
O Brasil repetiu a apatia do jogo anterior contra o Canadá diante dos franceses. A França exerceu grande pressão sobre a recepção brasileira. Mesmo com o excessivo número de erros, os franceses dominaram o jogo do começo ao fim. Sem confiança, o Brasil até equilibrou o jogo em alguns momentos, mas a França decidiu a partida como quis, quando quis. O Brasil saiu de quadra derrotado por um categórico 3×0.

BULGÁRIA 3×2 BRASIL 25/22 19/25 25/15 18/25 15/12
Os brasileiros facilitaram o trabalho do levantador búlgaro Seganov. Com o passe na mão, ele dificultou a leitura de bloqueio do Brasil. Sonolentos, mais uma vez, os brasileiros perderam o set no momento decisivo, 25/22 para a Bulgária. No 2º set, o Brasil finalmente reagiu e venceu por 25/19. Na sequência, os brasileiros fizeram um 3º set abaixo da crítica, sendo presa fácil para os búlgaros, 25/15. O Brasil retomou a concentração no jogo, fez seu melhor set na semana e fechou a parcial em 25/18. No tie-break, a Bulgária foi mais eficiente nos contra-ataques e fechou a partida, 15/12.

GetImage
DIVILGAÇÃO FIVB

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s