OS ADVERSÁRIOS DO BRASIL NA LIGA DAS NAÇÕES

A seleção brasileira masculina de vôlei estreia hoje na Liga das Nações, contra a equipe da Sérvia, dona da casa, em Krajlevo, a partir das 15h, com transmissão do canal a cabo SPORTV. O técnico Renan Dal Zotto não conta com a presença do ponteiro Lucarelli. Ele se recupera de lesão e não foi convocado para a competição. Seu retorno está previsto para o Campeonato Mundial, no segundo semestre. Para o seu lugar, o Brasil possui como opção os seguintes jogadores: Douglas Souza, Lucas Lóh, Lipe, Rodriguinho e Leozinho. Não é certo qual deles irá compor o time titular. Apesar da boa fase, a titularidade de Mauricio Borges também é questionada. A expectativa é para qual o time será escalado pelo Brasil, no primeiro jogo. Há disputas por vagas, em todas as posições.

Conheça um pouco dos adversários do Brasil na primeira semana da Liga das Nações.

SÉRVIA
Comandada pelo ex-jogador, Nikola Grbic, campeão olímpico, em Sydney, a Sérvia possui como principal meta, nesse ciclo, voltar a disputar os Jogos Olímpicos. Campeões da Liga Mundial em 2016, os sérvios ficaram de fora da Rio 2016. Os principais destaques da seleção são o oposto Atanasijevic e o central Lisinac. Eleito MVP da Liga Mundial em 2016, o ponteiro Ivovic é figura conhecida da torcida brasileira, após passagem pelo Taubaté, na última Superliga.

ITÁLIA
Após uma temporada conturbada em 2017, a Itália voltou a ter à disposição do técnico Blengini, o oposto Zaytsev e o ponteiro Juantorema. Depois de um imbróglio com a federação italiana, no ano passado, Zaytsev está pronto para o retorno. O fiasco na Liga Mundial em 2017, com direito a rebaixamento e apenas duas vitórias em todo o torneio, anteciparam os planos de volta do cubano naturalizado italiano Juantorena, à seleção italiana.

ALEMANHA
Vice-campeã européia em 2017, a Alemanha do técnico italiano Giani surpreendeu o mundo. Os alemães estiveram muito próximos de bater a Rússia. O jogo foi decidido apenas no tie-break. No entanto, um dos melhores jogadores da Alemanha, o oposto húngaro naturalizado alemão Grozer, não foi inscrito para a Liga das Nações. Ele está entre idas e vindas da seleção.

image
Divulgação FIVB

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s